Jundiaí

Em Jundiaí, 300 mil estão aptos a receber 3ª dose

VACINAÇÃO Até o momento, 34.621 pessoas já receberam a dose de reforço da vacina no município


                               ALEXANDRE MARTINS
Caio Vinícius Assis, 29, já recebeu as duas doses da vacina e pretende tomar a dose de reforço ano que vem
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça-feira (16), que a população acima de 18 anos está apta a receber a dose de reforço da vacina contra a covid-19, após cinco meses da aplicação da segunda. Em Jundiaí, cerca de 300 mil pessoas com mais de 18 anos poderão tomar a dose de reforço assim que for liberado.

De acordo com a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), o município aguarda do governo do Estado a oficialização da dose de reforço da vacina contra a covid-19 para adultos. Assim que receber as informações oficiais, a Prefeitura de Jundiaí fará as divulgações do calendário de aplicação.

Até o momento, 34.621 pessoas já receberam a terceira dose da vacina, que estava sendo aplicada a adultos acima de 60 anos, imunossuprimidos (doentes crônicos, por exemplo), pessoas com comorbidades e profissionais de saúde.

Para a dose de reforço, o Ministério da Saúde orienta que a pessoa tome um imunizante diferente do usado no esquema vacinal.

À ESPERA

A auxiliar de loja Natália Vieira, de 26 anos, já tomou as duas doses da vacina contra a covid-19 e pretende receber a dose de reforço. "Eu tomei a segunda dose da Coronavac no começo de agosto. Confesso que não estava sabendo sobre a aplicação da terceira dose na população adulta, mas pretendo receber após os cinco meses de prazo", afirma Natália.

A auxiliar ainda espera que todo o público acima de 18 anos receba a dose de reforço para que o combate ao vírus continue avançando. "Na minha opinião, é de extrema importância que todos se vacinem e continuem se cuidados pois podemos perceber uma melhora com o avanço da vacinação", diz.

Assim como Natália, o vendedor de uma loja no Centro, Caio Vinícius Assis, de 29 anos, também é favorável à dose de reforço. "Tomei a segunda dose da Coronavac no dia 20 de setembro e espero receber a terceira no ano que vem. Não tinha visto nenhuma notícia sobre a nova aplicação, mas irei me informar melhor e aguardar a minha vez", explica Assis.

JANSSEN

Ainda nesta terça-feira (16), o Ministério da Saúde anunciou que as pessoas que foram imunizadas com a vacina da Janssen contra a covid-19 irão receber a segunda dose de reforço. O intervalo entre as duas doses deve ser de, no mínimo, dois meses. Até então, a aplicação do imunizante era de dose única.

A pasta vai começar a distribuir as doses da Janssen aos estados e municípios a partir da próxima sexta-feira (19).

EM CRIANÇAS

Com relação à vacinação em crianças de 5 a 11 anos, o governo negocia 40 milhões de doses da Pfizer, mas ainda aguarda a autorização da Anvisa.

Segundo a Pfizer, a vacinação para esta faixa etária já foi autorizada nos Estados Unidos. A farmacêutica afirmou que sua vacina contra covid-19 é 90,7% eficaz neste público.

A Prefeitura de Jundiaí diz que aguarda as informações e a possível aprovação da Anvisa.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: