Jundiaí

Ação solidária homenageia vítima de Brumadinho


DIVULGAÇAÕ
Alimentos arrecadados para a distribuição no Natal de 2019, projeto social do engenheiro Luís Felipe
Crédito: DIVULGAÇAÕ

A jornalista aposentada Sílvia Helena Ferraz Santos, de 63 anos, deu continuidade ao trabalho social de seu filho Luís Felipe Alves, uma das sete vítimas não encontradas da tragédia de janeiro de 2019 na barragem de Brumadinho (MG).

Até dia 15 de dezembro o grupo de amigos recebe doações de alimentos e brinquedos que serão doados a famílias carentes de Jundiaí. Luís Felipe era um dos líderes de uma ação social promovida todo ano pela Raça Tricolor, uma das torcidas organizadas do Paulista de Jundiaí.

Como homenagem ao filho, Sílvia decidiu manter o legado de generosidade e há três anos promove as arrecadações. "Todo ano ele queria fazer algo diferente e pedia ajuda aos amigos e familiares", afirma.

O projeto nasceu há seis anos com o desejo de ajudar ao próximo, principalmente as crianças de famílias carentes. "Sabemos que os tempos estão muito difíceis, mas se cada um doar um brinquedo, alimentos e um panetone, conseguiremos pelo terceiro ano consecutivo realizar o sonho do meu filho onde quer que ele esteja", diz Silvia.

O rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, em Minas Gerais, aconteceu devido a uma perfuração que estava sendo feita na represa pela mineradora no dia da tragédia, deixando 270 mortos.

(Giovanna Vianna)

ONDE DOAR

Estádio Dr. Jayme Cintra: Praça Dr. Salim Gebran, 1, Jardim Pacaembu, Jundiaí. De segunda a sexta das 8h às 18h e aos sábados das 9h às 13h;

Sede da torcida Raça Tricolor: rua Rubens Pires, 6, Jardim Pacaembu, Jundiaí, das 18h às 22h;

Móveis São Jorge: avenida Antônio Frederico Ozanan, 4.600, Ponte São João, Jundiaí. De segunda a sexta das 8h às 18h e aos sábados das 9h às 13h

Langella Tênis: avenida Prefeito Luís Latorre, 4.499, Vila das Hortências, Jundiaí. Às segundas-feiras, das 8h às 12h


Notícias relevantes: