Jundiaí

Busca por presentes de Natal causa lotação em shopping

VÉSPERA O pagamento da segunda parcela do 13º salário também contribui para a perspectiva de aumento de 6% nas vendas


                            ALEXANDRE MARTINS
Fernanda Ferreira aproveitou o recesso do trabalho para fazer compras
Crédito: ALEXANDRE MARTINS

Com os shoppings lotados em Jundiaí devido a tradicional troca de presentes no Natal, a expectativa é de aumento de até 6% nas vendas em comparação ao ano passado. O pagamento da segunda parcela do 13º salário também contribui para a perspectiva positiva no setor.

Os presentes devem custar em média R$ 123 segundo pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). Roupas, brinquedos, perfumes, calçados, acessórios e eletrônicos lideram o ranking dos preferidos.

O Natal é a principal data comemorativa do varejo brasileiro e a cidade já registra aumento na presença de consumidores. "Esta última semana será decisiva para alavancar as vendas neste ano, que marca a retomada do comércio e a confiança dos consumidores. Nossa expectativa é positiva, especialmente porque as pessoas estão dispostas a presentear", afirma Edison Maltoni, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL) e do Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio).

FALTA DE TEMPO

Lidiane Rodrigues, de 33 anos, realizou a compra dos presentes faltando apenas 2 dias para a véspera de Natal devido a correria na rotina de trabalho. "Estou na correria com o trabalho e essa semana foi a única disponível. Eu sempre procuro comprar os presentes para a família em novembro e aproveitar a Black Friday, mas neste ano não consegui", relata.

Comprar presentes próximo da véspera é a realidade de quem trabalha e tem pouco tempo. "Aproveitei o recesso do trabalho para fazer minhas compras. Costumo adquirir os produtos antes, mas para compras em cima da hora escolhi o shopping pela facilidade em encontrar tudo o que preciso", afirma Fernanda Ferreira, de 19 anos.

A variedade de produtos também foi o motivo que levou Larissa Vinieri, de 19 anos, a realizar as compras no shopping. "É um local onde tem tudo o que eu preciso no mesmo lugar, desde o presente para sobrinha até itens pessoais para mim. Acho vantajoso para quem procura variedades", afirma.

ESTRATÉGIA

Os shopping centers podem funcionar dia 24, das 9h às 18h. Além das atrações especiais de Natal, para alavancar as vendas o Maxi Shopping realiza o sorteio de um apartamento e um vale-compras de R$ 20 mil em móveis. Os consumidores receberão um número a cada R$ 350 em compras até o dia 31 para concorrer aos prêmios.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: