Jundiaí

Iluminação cênica valoriza prédios históricos de Jundiaí


Divulgação
Iluminação cênica valoriza prédios históricos de Jundiaí
Crédito: Divulgação

A Unidade de Gestão de Cultura (UGC) fez no último domingo (19) a inauguração da nova iluminação cênica do Complexo Fepasa. Em mais uma ação de revitalização do espaço centenário, foram instalados mais de 300 holofotes nas fachadas dos prédios que compõem a sua ala histórica, com os objetivos de trazer maior valorização ao patrimônio, ressaltar seus atributos arquitetônicos e garantir a sensação de segurança no espaço.

Assim como do Complexo, outros equipamentos culturais já receberam iluminação cênica, como o Museu Histórico e Cultural – Solar do Barão e a recém-inaugurada Fábrica das Infâncias Japy.

“Além da chamar a atenção e trazer reforço na sensação de segurança, a instalação da nova iluminação expande as potências desses espaços. Mais especificamente no Complexo, a questão turística é potencializada com o incentivo para que as pessoas, assim como já fazem no Solar, frequentem cada vez mais o local. Na área onde antes ficavam os carros, criamos uma ampla área parque, com vigias 24 horas, novos bancos e lixeiras. Esta é a nova vocação do Complexo, conforme estabelecido em seu plano diretor de uso, de ser um espaço gerador de economia criativa e de Cultura, com espaços de convivência e alimentação”, explica o gestor de Cultura, Marcelo Peroni.

O Complexo Fepasa é o único espaço de Jundiaí com tombamento em nível nacional, registrado no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Segundo o diretor do Departamento Gestão do Complexo Fepasa da UGC, William Paixão, a iniciativa deve ser expandida. “Além da ala histórica, a proposta é instalarmos a iluminação cênica em todo o perímetro do prédio, com recursos próprios, graças à iniciativa do Comitê Novo Complexo, grupo formado pelas entidades ali instaladas, como a Fatec, o Poupatempo e a Fundação Municipal de Ação Social (Fumas)”.

 


Notícias relevantes: