Jundiaí

Horta Urbana: no Jardim do Lago, primeira colheita deve acontecer no fim de janeiro

Horta Urbana do Jardim do Lago deve ter colheita em janeiro


DIVULGAÇÃO
Programa Horta Urbana beneficiou o aposentado Ailton Ramos
Crédito: DIVULGAÇÃO

A vida do aposentado Ailton Ramos dos Santos está mais colorida desde agosto, quando ele recebeu a cessão de uso para iniciar os trabalhos no terreno da rua Luiz Oliveira Arruda, no Jardim do Lago, para começar a montar a sua horta urbana. O cultivo já está em andamento e, no fim do próximo mês de janeiro, a primeira colheita já deve ser feita e as vendas para a comunidade iniciadas.

Aos 66 anos, Ailton é um dos beneficiados da Horta Urbana. O programa foi lançado pelo Departamento de Urbanismo da Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente, no primeiro semestre de 2021, e oferece áreas públicas sem uso para o cultivo de hortaliças, ervas aromáticas, plantas medicinais e frutíferas. “Já havia um tempo que eu tinha pedido para utilizar o espaço. Quando eles abriram o processo, fiz minha inscrição e, em breve, já vou colher as primeiras hortaliças”, contou o aposentado.

“O programa gera renda, estimula a alimentação mais saudável da população e ocupa espaços públicos que estavam ociosos. Horta Urbana é mais um exemplo de política pública de sucesso que favorece o munícipe e preserva o meio ambiente”, lembra o prefeito Luiz Fernando Machado.

Na horta do Sr. Ailton, os consumidores poderão encontrar variedade de verduras como diversos tipos de alface, rúcula, almeirão, salsinha, cebolinha, coentro e até mesmo a PANC Ora-pro-nóbis. Além de ser uma nova fonte de renda, a horta também foi um importante fator na vida do aposentado. “Não foi um ano fácil para mim, pois perdi a minha esposa e ainda peguei Covid. Sem dúvida, poder mexer na terra e cultivar a minha horta foram fundamentais para eu ainda estar aqui”, contou emocionado.

Neste primeiro ano, Horta Urbana recebeu 31 alunos em dois cursos preparatórios, realizados pela Escola de Gestão Pública. “Desses, seis já estão com cessão de uso da área formalizada e as hortas em andamento, como é o caso do Sr. Ailton. Outras 16 áreas estão em fase de estruturação. As hortas estão em diferentes bairros da cidade como Novo Horizonte, Fazenda Grande, Jardim do Lago, Anhangabaú, entre outros”, lembra a coordenadora do programa, Rita Stringari.


Notícias relevantes: