Jundiaí

Árvore que caiu em feira da Vila Hortolândia não apresentava risco


DIVULGAÇÃO
O acidente deixou quatro feridos que já tiveram alta dos hospitais
Crédito: DIVULGAÇÃO

A flamboyant de 35 anos que caiu na praça Joaquim Soares Lemos, na Vila Hortolândia, durante a realização da feira livre do local na manhã deste domingo (9), já havia sido vistoriada, mas não possuía nenhum defeito externo que pudesse condená-la e ser removida. Quatro pessoas ficaram feridas com a queda da árvore.

Segundo a Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP), árvore já foi removida pela equipe de Áreas Verdes do Departamento de Parques e Jardins, mas as demais receberão o manejo determinado conforme a condição individual.

O principal motivo que levou a queda pode ter sido o ataque de um fungo que deteriora o tecido lenhoso. Após o acidente, outro flamboyant na praça foi diagnosticado com o mesmo problema e foi removido.

Apenas em 2021, em torno de 400 árvores foram removidas e cerca de 1800 foram replantadas no sistema viário, de acordo com a característica da área.

VISTORIA

Para evitar acidentes e árvores de risco no município, a UGISP realiza anualmente mais de 1,2 mil vistorias em árvores espalhadas pela cidade. Entre 2020 e 2021 também foram realizadas 495 vistorias em árvores emblemáticas, com tecnologias como tomografia e penetrografia. Além disso, Jundiaí tem um Plano Arbóreo, cujo objetivo é avaliar a condição das árvores, o manejo para cada espécie e quais exemplares são indicados para a recomposição dos espaços públicos, conforme a característica de cada local.

VÍTIMAS

Em relação as vítimas que foram atingidas pela queda da árvore, a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) informa que manteve contato com os hospitais públicos que realizaram o atendimento aos pacientes que apresentaram apenas ferimentos leves. Eles foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e todos já tiveram alta hospitalar após atendimento e exames específicos.

(Luana Nascimbene)


Notícias relevantes: