Jundiaí

Em uma semana, atendimento de síndrome gripal cresce mais de 110% acima do pior pico da pandemia covid-19


Divulgação
Locais e datas de vacinação contra covid-19
Crédito: Divulgação

Enquanto na semana entre 27 de dezembro/21 a 2 de janeiro/22 os quatro serviços públicos de atendimento exclusivo para Síndrome Gripal receberam 6.326 pessoas, entre 3 janeiro até o último domingo (9) foram 8.592 pessoas em busca de atendimento por sintomas gripais. O montante é 35% maior que a semana anterior e 113% superior ao pior pico vivenciado ao longo da pandemia da covid-19 em Jundiaí (entre 15 de março a 21 de março/21, com 4.030 atendimentos). A positividade para covid-19 também teve aumento em relação à semana anterior: de 23% para 38% em sete dias.

“A grande maioria dos casos é de sintoma leve, que tem como orientação permanecer em isolamento e monitorar os sintomas. Em caso de falta de ar, febre persistente ou ser de grupo de risco, é necessário buscar por serviço de Saúde exclusivo para o atendimento”, detalha o gestor da UGPS, Tiago Texera, lembrando que o impacto nos atendimentos ainda são referentes às movimentações do final do ano.

Na comparação com o pior período do ano passado, a positividade para covid-19 ainda é inferior, mas em crescimento. Enquanto em março cerca de 50% dos testes eram positivos, na semana passada foram 38% dos cerca de 700 testes realizados, em média, por dia.

“A cidade tem adequado serviços, ampliado horário de atendimento com a ampliação de 27% da equipe técnica, mas é essencial que as pessoas mantenham todas as medidas de prevenção como o uso de máscara, álcool em gel e higienização frequente das mãos para evitar a contaminação e exposição de pessoas mais vulneráveis à doença. A vacinação é essencial para reduzir os casos graves”, alerta o prefeito Luiz Fernando Machado.

Onde buscar atendimento para síndrome gripal:

UPA Vetor Oeste
Adulto e pediátrico 24h
Avenida Presbítero Manoel Antônio Dias Filho, 1540, Parque Residencial Jundiaí

Pronto Atendimento Coronavírus Hortolândia (Antiga creche do idoso)
Pediátrico, das 7h às 18h
Avenida Alexandre Ludke, 780, Cidade Administrativa

Pronto Atendimento Coronavírus Hortolândia (Policlínica Hortolândia)
Adulto 24h
Avenida Pref. José de Castro Marcondes, 510, Vila Hortolândia

Pronto Atendimento
Adulto e pediátrico
Segunda a domingo, das 7h às 22h
(Com fechamento do portão às 21h)
Rua Maria Lúcia de Almeida, 100, Retiro


Notícias relevantes: