Jundiaí

Placas de identificação de túmulos continuam sem identificação no Cemitério Parque dos Ipês


Divulgação
Com fim da pandemia incerto, 2022 terá menos mortes, dizem cientistas
Crédito: Divulgação

Após três semanas do furto de placas de identificação de túmulos, o Cemitério Parque dos Ipês continua sem as placas nos jazigos. Segundo a administração as novas devem chegar na próxima semana.

Procurada pela equipe de reportagem do JJ, a administração diz que já estão sendo tomadas as providências para intensificar a segurança. Estas providências incluem uma portaria de controle de acesso e instalação de câmeras de segurança com monitoramento 24h. "O proprietário não precisa reclamar da falta das placas, nem fazer boletim de ocorrência pois já estamos providenciando as novas peças, que devem chegar na próxima semana. Além de realizarmos semanalmente a recontagem de todas as placas e caso algum furto, o próprio cemitério faz o boletim de ocorrência", diz o administrador Pedro Silva.

ENTENDA O CASO

Em abril, cerca de 250 placas foram furtadas no Cemitério Parque dos Ipês. Na ocasião, a administração informou estar providenciando novas placas para repor, utilizando o material de ardósia sem nenhum custo para os familiares.

Em dezembro do ano passado, outras placas haviam sido furtadas, mas a administração do cemitério não se pronunciou sobre o ocorrido naquele momento.


Notícias relevantes: