Jundiaí

55 carros abandonados são denunciados por mês

JUNDIAÍ Os veículos estacionados por muito tempo e que têm avarias precisam ser removidos das vias


 DANIEL TEGON POLLI
Entre os critérios para considerar um carro abandonado estão a falta de pneus e placas, portas abertas ou vidros quebrados e sinais de depredação ou destruição
Crédito: DANIEL TEGON POLLI

Algumas ruas de Jundiaí acabam virando pátios de veículos abandonados e isso causa alguns problemas para moradores e comerciantes do entorno. Segundo a Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT), são em média 55 denúncias por mês de veículos deixados em vias públicas, sendo que em torno de 50 são recolhidos pelos proprietários e cinco acabam guinchados ao pátio de recolhimento, ou seja, a empresa contratada que fica com a responsabilidade sobre o mesmo até a retirada pelo proprietário no prazo de 60 dias ou o envio para leilão.

Entre os critérios previstos para serem considerados 'abandonados' a falta de um ou mais pneus; vidros quebrados, abertos ou ausentes; portas abertas ou destravadas; falta de placa; sinais de incêndio; sinais de depredação ou destruição; cobertura com lona ou qualquer outro material; mais de um pneu murcho; e avarias.

Quem passa por vias com esses carros, repara nesse cenário peculiar. "Nessa via deve ter uns quatro. Sempre ficam bastante tempo estacionados, mas não vejo gente os usando. Às vezes a prefeitura vem, notifica e, às vezes, colocam para recolher", conta o segurança Wendel Henrique Altieri, sobre a avenida Reserva do Japy.

Em Jundiaí, as solicitações de remoção são encaminhadas pelos munícipes por meio do sistema 156.

REGIÃO

Em Várzea Paulista são notificados em média 30 veículos por mês, destes 85% são retirados pelo proprietário e 15% vão para o pátio. A Unidade Gestora de Trânsito realiza a retirada de veículos abandonados em vias públicas. Se o automóvel notificado não for retirado em até 10 dias, o carro é guinchado. As denúncias são recebidas pelo 4595-0037 ou WhatsApp (11) 94365-2884.

A Prefeitura de Itupeva, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana e Meio Ambiente informa que, no momento este serviço não está disponível na cidade. Porém, encontra-se em estudo para ser implementando.

A Prefeitura de Jarinu informa que não há demanda para remoção de veículos abandonados atualmente. A Lei de Remoção de Veículos, proposta pela atual gestão, foi aprovado na última terça-feira (17), na Câmara Municipal.

Campo Limpo Paulista faz a notificação, mas não tem o serviço de retirada dos veículos.

Cabreúva e Louveira foram procuradas, mas não responderam até o fechamento desta edição.

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: