Jundiaí

Em um dia, casos de covid têm alta de 32% em Jundiaí


DIVULGAÇÃO
Nesta quarta-feira foram confirmados 558 novos casos e 584 casos ativos
Crédito: DIVULGAÇÃO

O número de casos de covid-19 continua aumentando em Jundiaí. Em 24 horas foi registrado alta de 32% em novos casos da doença, índice considerado preocupante.

De acordo com o boletim divulgado nesta quarta-feira (1), pela Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), foram confirmados 558 novos casos e 584 casos ativos, atingindo 80.857 desde o início da pandemia. Na terça (31) foram confirmados 422 novos casos e 427 ativos. Nas internações, são 15 na rede privada e nove na pública, enquanto nesta quarta o número de internações na rede pública foi de sete pacientes, enquanto na rede privada foram 19 internados.

AUMENTO RECORRENTE

Nos últimos sete dias foram confirmados 547 casos, representando aumento de 8% em relação à semana anterior (18 a 24), quando foram registrados 506 casos. Os casos ativos também aumentaram. Na semana passada foram 299 ao todo, enquanto apenas nesta quarta-feira (1) 584 foram confirmados.

Diante deste cenário, a UGPS segue em alerta e ressalta a manutenção dos cuidados individuais para evitar contaminação, além de incentivar a completa vacinação para evitar o desenvolvimento de formas graves da doença.

Todos os Pronto-Atendimentos (exceto o PA Central) contam com atendimento para síndrome gripal juntamente com a realização de exames para os casos indicados pelos médicos e com equipes completas para o atendimento.

VACINAÇÃO

Sendo um dos principais motivos para o aumento dos casos de covid no município, 120.982 pessoas estão com aplicação da vacina atrasada atualmente, sendo 17.637 com a segunda dose em atraso e 103.345 com a D3. A idade com mais faltosos é de 30 a 39 anos para D3 e de 5 a 11 anos para D2.

Em Jundiaí, até esta quarta-feira (1), foram aplicadas 1.074.418 doses de vacina contra covid-19, sendo 391.328 primeiras doses, 377.312 segundas doses, 293.071 doses adicionais e 12.707 doses únicas. Todos os grupos atingiram a cobertura acima de 90%, exceto o grupo de crianças de 5 a 11 anos, cuja cobertura para a primeira dose é de 82% e para a segunda, 62,4%.

Nos próximos dias, a Prefeitura deve publicar edital sobre o uso de máscaras, considerando a indicação do governo do Estado para o uso em locais fechados e ampliando a recomendação para os ambientes escolares da cidade, que passam a ter uso obrigatório. (Leia mais na matéria acima).

(Luana Nascimbene)


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: