Jundiaí

Espera para fazer o Cadastro Único supera cinco meses

MUTIRÃO O Parque da Uva receberá a Semana do Cadastro Único a partir de segunda (6) para quem precisa fazer a inscrição ou atualização dos dados


DIVULGAÇÃO
O CadÚnico é exigido para a concessão de benefícios alguns sociais
Crédito: DIVULGAÇÃO

Por conta da pandemia, as atualizações cadastrais do Cadastro Único (CadÚnico) foram suspensas. Agora, porém, com a retomada, a demanda acabou aumentando repentinamente, fazendo com que as filas aumentassem, com espera chegando a mais de cinco meses.

Para atender a este público, a Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (Ugads) fará a Semana do Cadastro Único, entre segunda (6) e sexta-feira (10), No Parque da Uva, esperando atender 2 mil beneficiários.

No total há 14.897 famílias (cerca de 38 mil pessoas) inscritas no CadÚnico no município. Dessas, pouco mais de 5 mil famílias estão com alguma pendência na atualização cadastral. Segundo a Ugads, o CadÚnico cadastra pessoas que tenham renda per capita de até meio salário mínimo ou que sejam público alvo de programas, benefícios ou serviços, como o Auxílio Brasil, Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS), tarifas sociais e outros.

A atualização deve ser feita pelo menos a cada 24 meses ou toda vez que for notada alguma alteração no grupo familiar beneficiário, como mudança de endereço, renda ou composição familiar. Durante a pandemia, no entanto, por conta do Auxílio Emergencial e a fim de evitar deslocamentos e aglomerações, o Governo Federal deixou de exigir a atualização do Cadastro Único, tendo sido retomadas este ano as averiguações dos cadastros de beneficiários.

DEMORA

Com 65 anos, José da Silva não consegue trabalhar e não é aposentado ainda, por isso o CadÚnico é uma ajuda financeira. "Já estou há uns cinco ou seis meses na fila para fazer o cadastro. Eu só recebia o auxílio emergencial, mas cortaram na terceira parcela. Fui na Caixa e me disseram que sou aposentado, casado e moro em São Paulo. Não sei de onde tiraram isso, moro na favela e estou separado há 24 anos."

Ele explica que uma advogada se prontificou a ajudá-lo a conseguir algum benefício ou a aposentadoria, mas precisa do cadastro. "Fui no Cras ver isso e me deram uma lista de documentos para levar e disseram que me ligavam quando fosse a minha vez. Fiquei até confuso porque pede CPF dos filhos, mas os meus não moram comigo e não tenho contato. Vou lá no Parque da Uva na semana que vem para tentar conseguir no mutirão", comenta.

Sem renda, José espera conseguir o cadastro no Parque da Uva. "Estou vivendo de ajuda, não tenho renda nenhuma. Não posso mais trabalhar, tenho problemas na coluna e na lombar e está difícil. Preciso do CadÚnico urgente, mas falam que tem muita gente na fila aguardando."

SERVIÇO

Para a Semana do Cadastro Único, foram feitos pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de Jundiaí 800 agendamentos, mas a Ugads informa que pessoas sem agendamento que forem ao Parque da Uva serão atendidas e orientadas. É necessário, porém, que levem todos os documentos de todos os membros da família para que a inscrição ou atualização sejam feitas, conforme exigido pelo Governo Federal. Os atendimentos serão feitos ao longo da próxima semana, das 9h às 18h, no Pavilhão 3 do Parque.

A Ugads orienta ainda que os beneficiários que não tiverem feito agendamento e precisem de orientação para o cadastro ou atualização procurem os Cras de referência, preferencialmente a partir do dia 13 de junho. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4589-6767 (UGADS) ou 94032-7022 (Cadastro Único). Quem não sabe se tem os dados atualizados pode fazer a consulta pelo aplicativo Cadastro Único ou na versão web através do endereço cadunico.
cidadania.gov.br.

O Parque da Uva fica na avenida Jundiaí, s/n, Anhangabaú. De ônibus, o local pode ser acessado com as seguintes linhas a partir do Terminal Central: 524 - Malota; 526 - Parque dos Ipês; 527 - Jardim Guanabara; 537 - Jardim das Tulipas; 942 - Terminal Eloy Chaves. Já a partir do Terminal Vila Arens tem ainda a linha 713 - Expressa Rua do Retiro.


Notícias relevantes: