Jundiaí

Comércio foca em promoções e descontos para o Dia dos Pais

A data, que fica atrás apenas do Natal e Dia das Mães, é aguardada pelos lojistas porque dá o pontapé inicial no segundo semestre


 DANIEL TEGON POLLI
Gerente de uma joalheria, Lisiane Cristina já começou a apostar em campanhas e descontos para a data
Crédito: DANIEL TEGON POLLI

Com a aproximação do Dia dos Pais, que neste ano será em 14 de agosto, os comerciantes já estão a todo vapor para focar em uma das datas mais importantes para o setor, perdendo apenas para o Natal e Dia das Mães. Os descontos, promoções e vitrines chamativas podem ajudar nos números.

Segundo Edison Maltoni, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o Dia dos Pais está entre as cinco melhores datas comemorativas para o comércio, junto com Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia das Crianças.

"Entre os setores que podem ter um desempenho melhor nas vendas estão vestuário, calçados, perfumes, eletrônicos, bebidas, acessórios, entre outros. Os setores de gastronomia e hotelaria também devem se beneficiar com a data comemorativa. Nossa expectativa é muito positiva", aposta Maltoni.

Segundo a Associação Comercial Empresarial (ACE) de Jundiaí, as datas comemorativas como o Dia dos Pais são sempre positivas e uma oportunidade para aumentar as vendas. O importante é o comerciante já iniciar o planejamento da data e divulgar os seus produtos e serviços nas redes sociais, por exemplo. É importante apostar na decoração para chamar a atenção do consumidor.

NAS RUAS

Em uma joalheria no Centro, a gerente Lisiane Cristina da Silva já começou a apostar em campanhas e descontos para a data. "Estamos com descontos de até 50% em relógios, além de sorteios, onde os clientes ganham cupons para concorrer a presentes para os pais", conta.

Esperançosa e com boa perspectiva de vendas, a gerente relata que a procura por presentes já começou. "Nossos campeões de vendas nesta data são os relógios, pois além de cair no gosto dos pais, custam a partir de R$139. Estamos apostando que esse ano vai ser bom, assim como os anos anteriores", relata Lisiane.

A operadora de caixa de uma loja de roupas no Centro, Maria Gabriela Almeida Vasconcelos, revela que o Dia dos Pais está entre as melhores datas comemorativas para vendas no estabelecimento. "Para o comércio de vestuário, é uma data ótima e por isso apostamos em promoções e na criação de conjuntos de calças e camisetas para presentes", diz.

Para divulgar e chamar atenção dos consumidores, a loja conta com locutores na porta e preços atrativos. "Esta semana já começou a procura. Está vendendo muito bem as roupas em geral, bonés e perfumes. Ano passado no Dia dos Pais batemos 1/5 da nossa meta, este ano esperamos dobrar esse número", relata Maria.

HORÁRIO DO COMÉRCIO

O Sincomercio e a CDL informa que no dia 6 de agosto, primeiro sábado após o quinto dia útil, as lojas do Centro e dos bairros podem atender das 9h às 18h. Já no sábado (13), véspera do Dia dos Pais, o funcionamento pode ser até as 18h, conforme a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). Na sexta-feira (12) os lojistas que desejarem poderão atender até as 22h.

"Os empresários devem aproveitar as oportunidades de horário estendido para atrair a atenção dos consumidores para o Dia dos Pais, destacar sugestões de presentes nas vitrines, montar kits, fazer promoções", sugere Edison Maltoni, presidente do Sincomercio.

 


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: