Jundiaí

Em seis dias, mais 20 focos de incêndio registrados em Jundiaí

NOVAS OCORRÊNCIAS Nesta segunda-feira (1), um incêndio atingiu uma área de mata no Jardim Guanabara, próxima à rodovia Bandeirantes


 DANIEL TEGON POLLI
O Corpo de Bombeiros interditou a empresa de recicláveis no Jardim Guanabara para evitar incidentes
Crédito: DANIEL TEGON POLLI

Nos últimos seis dias, Jundiaí registrou mais 20 focos de incêndio no município, sendo 13 em áreas de mata e sete em áreas urbanas. Os dados são do 19° Grupamento de Bombeiros. Destes casos, dois foram de grandes proporções, ambos na quinta-feira (28). Um na avenida Comendador Antônio Borin, no Caxambu, que atingiu 20 mil metros quadrados de área de mata. O outro em uma área urbana, na avenida José Benassi, no Distrito Industrial. O incêndio atingiu cerca de 25 mil metros quadrados de terreno.

Nesta segunda-feira (1), um incêndio atingiu uma área de mata na avenida Arquimedes, no Jardim Guanabara, próxima à rodovia Bandeirantes. As chamas se alastraram para as empresas e residências do entorno. O Corpo de Bombeiros foi chamado para a ocorrência e interditou o local.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, o Tenente Victor Chaves, ainda não se sabe qual o espaço total atingido pelas chamas, mas causou prejuízo em cerca de oito veículos de uma oficina no local e materiais recicláveis de uma empresa. Os moradores próximo foram retirados das casas até que o incêndio fosse combatido. "O incêndio começou na área de mata e rapidamente atingiu uma oficina e uma empresa de recicláveis do local. Os veículos e materiais foram totalmente incendiados. A fumaça tomou conta de toda região e por isso todos foram retirados", afirma o comandante.

A moradora de uma residência ao lado do local do incêndio, Gabriela Pereira, de 17 anos, estava em casa quando o fogo começou. "Primeiro eu senti um cheiro forte de queimado, depois olhei pela janela e a fumaça já tinha tomado conta de tudo. Não dava para ver um palmo na minha frente, o estrago foi grande", diz a moradora.

Além destas ocorrências, no dia 28 de julho, o JJ noticiou o registro de 21 incêndios em três dias (24,25 e 26) em Jundiaí e Várzea Paulista que atingiu cerca de 50 mil m3 de área.

FALTA DE MANUTENÇÃO

Na madrugada de domingo (31), uma loja na rua Dr. Torres Neves, no Centro, pegou fogo e causou prejuízo de quase R$ 100 mil para o proprietário José Oliveira, de 69 anos. Segundo ele, o incêndio começou na residência do lado do comércio e atingiu o interior da loja. "O fogo começou na casa ao lado da minha loja, que está totalmente abandonada. Muitos desconhecidos entram para furtar fios e até dormem no interior da residência. Acredito que uma destas pessoas tenha causado o incêndio", explica.

Os vizinhos chamaram os bombeiros para combater o incêndio e, na manhã de domingo, Oliveira encontrou sua loja interditada. "Estava totalmente incendiada. Além de ser minha loja, também utilizava como depósito para os equipamentos. Perdi todos os eletrodomésticos que estavam lá dentro", lamenta o comerciante.

CAMPO LIMPO PAULISTA

Além de Jundiaí, uma residência em Campo Limpo Paulista, no bairro Jardim Marquetti, também pegou fogo. A causa do incêndio teria sido o acúmulo de lixo e entulho no quintal da casa. Os agentes da Defesa Civil do município combateram o fogo e ninguém ficou ferido.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: