Jundiaí

Inscrições para o Programa de Pagamento por Serviços Ambientais são prorrogadas


Divulgação
Programa preserva o meio ambiente e oferece pagamento em dinheiro aos produtores rurais
Crédito: Divulgação

Sucesso entre os produtores rurais, o Programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), uma importante política pública da Prefeitura de Jundiaí voltada para o agronegócio, desenvolvida pela Unidade de Gestão de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), está com as inscrições prorrogadas até o dia 19 de agosto.

“O PSA promove a preservação ambiental dos remanescentes de florestas ao mesmo tempo que oferece ao produtor rural o pagamento em dinheiro para que essa área seja mantida sem danos. Por ser uma importante política pública, que está em consonância com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, decidimos ampliar o prazo das inscrições para dar a oportunidade a mais agricultores”, explica o gestor de Agronegócio, Abastecimento e Turismo (UGAAT), Eduardo Alvarez.

O Programa foi instituído pela Lei Municipal nº 9.116, de dezembro de 2018. Para participar do programa é necessário que a propriedade rural seja efetivamente produtiva. O pagamento do benefício é limitado a 40 hectares por propriedade. O recebimento do incentivo é contínuo e pode ser renovado a cada quatro anos, desde que a área seja mantida intacta.

Atualmente, o PSA conta com 78 propriedades rurais inscritas e que recebem o pagamento. São 390 hectares de florestas nativas e 28 hectares em áreas de reflorestamento. “São bons números que queremos ampliar. Convidamos os produtores rurais a participarem do PSA. Ao mantermos a preservação da vegetação e floresta, além de recuperar áreas degradadas, o ambiente é regenerado e acaba por impactar na produção agrícola”, explica a diretora do Departamento de Agronegócio, Isabel Harder.
Mais informações podem ser consultadas no site, na Imprensa Oficial do Município de Jundiaí Edição 5110|01 de julho de 2022 ou diretamente com a UGAAT, pelos telefones 4589-8581/8872 ou pelo e-mail [email protected].

 


Notícias relevantes: