Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

31 pessoas morreram no trânsito este ano

Angelo Augusto | 20/07/2019 | 05:00

Entre os meses de janeiro e junho de 2019 foram registradas 31 vítimas fatais no trânsito de Jundiaí, considerando rodovias e vias municipais de Jundiaí. Os dados são do Infosiga SP, que divulgou ontem (19) os números atualizados de mortes por acidentes de trânsito em Jundiaí no primeiro semestre.

Dessas 31 mortes, dez aconteceram em vias dentro da cidade, enquanto as outras 21 ocorreram em rodovias intermunicipais. O sistema Infosiga SP é o responsável por monitorar e divulgar as estatísticas relacionadas ao trânsito nos 645 municípios do estado.

Em relação ao ano passado, houve uma considerável queda no número de mortos em acidentes de carro. No período de janeiro a junho de 2018, 41 pessoas acabaram perdendo a vida nas vias e rodovias do município, o que representa uma diminuição de 22,5%.

De acordo com Wlamir Lopes da Costa, diretor de trânsito da Secretaria de Transportes de Jundiaí, a queda na quantidade de mortes representa uma boa notícia, mas o número ainda está longe do ideal. “Quando falamos em mortes, o número ideal seria zero. Cada morte representa uma família que perdeu um ente querido, e por isso 31 ainda é uma quantia bastante alta” lamenta.

Para diminuir ainda mais o número de acidentes de trânsito, a Prefeitura de Jundiaí tem tomado diversas medidas, como aumentar a sinalização nas vias, realizar ou reformar pinturas sinalizadoras, instalar mais radares e aumentar o número de viaturas rodando nas ruas. “Entre os anos de 2017 e 2018 foram mais de 100 mil m2 de novas pinturas nas ruas. Neste ano, entre janeiro e junho, mais 33 mil m2 de vias receberam sinalização” relata o diretor.

Wlamir aponta ainda que o número de mortes no trânsito para cada 100 mil habitantes em Jundiaí neste primeiro semestre ficou em 6,5. “Esse dado também é considerado alto, visto que a média para o estado de São Paulo é 6,1. Deveríamos estar abaixo, não acima da média” relata.

Campanhas educacionais em relação ao trânsito também estão sendo realizadas pela prefeitura e estima-se que 38 mil pessoas já participaram de ações de conscientização ou pelo menos já receberam algum tipo de informação proveniente dessas campanhas. O diretor de trânsito ressalta que a alta velocidade é o principal causa de acidentes graves, e que ela aumenta as chances de morte. O Infosiga SP é pioneiro no Brasil e publica mensalmente estatísticas sobre acidentes fatais de trânsito nos 645 municípios do estado.

 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/31-pessoas-morreram-no-transito-este-ano/
Desenvolvido por CIJUN