Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

90 professores são demitidos em Jundiaí e mais no pela ordem

Angelo Augusto Santi | 01/07/2020 | 07:01

90 professores são demitidos em Jundiaí

Em Jundiaí, 90 professores da escala rotativa da rede municipal perderam seus empregos. A Prefeitura informou que os contratos não serão renovados a partir de hoje (1), para conter gastos em decorrência da pandemia do novo coronavírus. Os contratos são efetuados pelo período de seis meses, podendo, no entanto, ser rescindidos a qualquer tempo, com o pagamento de multa respectivo ao período de antecipação da vigência.

Alunos não terão prejuízo 

Unidade de Gestão de Educação (UGE) informou que as rescisões não afetarão o atendimento aos alunos, já que o retorno, ainda não determinado, será realizado em forma escalonada e com horário reduzido, o que possibilita o atendimento aos estudantes com o efetivo concursado da unidade e oferta de tarefas elaboradas a partir dos núcleos pedagógicos.

Críticas à nova lei estadual

Durante a sessão de ontem (30) da Câmara de Jundiaí, o vereador Rogério Ricardo da Silva (DEM), teceu duras críticas à nova lei implantada pelo governador João Doria (PSDB), que prevê multas para quem não usar máscaras. “Enquanto os comércios como restaurantes e lanchonetes estão fechando por não conseguirem se manter, o governo implanta uma nova lei que vai prejudicar ainda mais esse setor”, disse.

“País está longe da depressão” 

O ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou aos parlamentares na manhã de terça-feira (30) acreditar que o país não precisa emitir mais moeda para enfrentar a crise do novo coronavírus. Para ele, isso só seria necessário caso o país estivesse em depressão econômica. Para muitos economistas, o Brasil já estaria em depressão econômica e precisaria de medidas mais drásticas do governo.

R$ 160 milhões para asilos 

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, o projeto que prevê a destinação de R$ 160 milhões para as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). O texto foi publicado na terça-feira (30) no Diário Oficial da União. As instituições acolhem idosos em situação de abandono ou negligência. Pelo projeto, poderão acessar os recursos as instituições sem fins lucrativos inscritas em conselhos do idoso ou de assistência social.

Justiça derruba uso de máscara

A desembargadora Daniele Maranhão Costa, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), derrubou a liminar que determinava ao presidente Jair Bolsonaro o uso de máscaras em locais públicos do Distrito Federal. A magistrada atendeu a um pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), que havia recorrido contra a liminar. Segundo a desembargadora, já existe um decreto obrigando o uso de máscaras no DF.

Moradora do Jd. Novo Horizonte, Sue Ellen Bruna Ruiz Ribeiro conseguiu matricular o filho Kauã na Emeb Martha Burgos


Leia mais sobre | | | | |
Angelo Augusto Santi
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/90-professores-sao-demitidos-em-jundiai-e-mais-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN