Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

A aposentadoria chega para os cães da GM

| 13/06/2014 | 00:05

Cada ano de vida de um cão corresponde, em média, a sete anos de vida de um adulto. A certa altura, eles precisam descansar e se aposentar – ainda mais quando parte da vida é dedicada a serviços para a população. Então, quando as condições físicas não são as mesmas, os cães do Canil da Guarda Municipal (GM) de Jundiaí encostam a farda, ou melhor, a coleira.

De 2013 para cá, a GM aposentou cinco cães. Com bons currículos, incluindo proteção de guardas e apreensões de droga, os animais ganharam um novo destino. Quatro deles estão nas casas de guardas da corporação, que se tornaram seus donos. É o caso do subinspetor Erich Streng Godoi, auxiliar responsável pelo canil e hoje dono do rottweiler Adrian.

O cachorro completou 10 anos e agora tem uma vida tranquila, com sombra e uma casinha de cimento na chácara de Godoi. “Como uma pessoa mais velha, ele ficou meio ranzinza, mas eu o trato como filho”, explica o guarda, que investiu pelo menos R$ 3 mil na construção da casinha de Adrian.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/a-aposentadoria-chega-para-os-caes-da-gm/
Desenvolvido por CIJUN