Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

A sexta-feira diferente do jundiaiense que parou para assistir à vitória do Brasil na Copa

FELIPE TOREZIM | 22/06/2018 | 22:57

Não importa o horário. Dia de jogo da seleção brasileira na Copa é dia de reunir a galera para comer, beber, festejar e torcer. Na vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica, nesta sexta-feira (22), a história não foi diferente, apesar do horário: 9 da manhã. Em cada bar, padaria e restaurante onde havia uma televisão ligada, tinha um grupo fazendo a corrente pela vitória.

Na padaria Beatrice Boulangerie, no Centro, a partida foi aliada a um café da manhã. A vendedora Paula Biagi, de 25 anos, reuniu os amigos do trabalho para assistir ao jogo antes do expediente. “É a primeira vez que nos juntamos para assistir e está bem divertido. Assistir em turma é mais animado”, diz.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE JUNDIAÍ

QUE SUFUCO! BRASIL BATE COSTA RICA COM GOLS DE COUTINHO E NEYMAR NOS ACRÉSCIMOS

Acostumada a assistir o Brasil em torneios grandes como a Copa do Mundo, ela conta que já está ansiosa para o próximo encontro dos amigos do trabalho. “Para a partida contra a Sérvia já marcamos de fazer um happy hour. Nos adequamos ao horário, mas o importante é reunir todo mundo”, garante.

O técnico em manutenção, Fábio Marin, 27 anos, também estava na mesma pegada. Antes de ir ao trabalho, deu uma passadinha para tomar café da manhã. “Procuramos um lugar legal próximo ao trabalho para assistir, comer e estar com mais gente perto”, conta Fábio, dizendo que nunca assistiu aos jogos da Copa sozinho.

Como de costume do brasileiro, o famoso churrasco e cerveja não podia faltar. Em um bar na Vila Hortolândia, a chapa esquentou logo às 9h. Linguiça, costela, bandeiras, cornetas e todos torcendo pela seleção. “Aqui já é tradicional. A gente organiza o churrasco e faz a festa, independentemente do horário. Espero que o Brasil vá longe, assim a festa está garantida”, brinca o proprietário, José Jesus Santos.

Para ele, o Brasil vem fazendo uma boa Copa. “O time joga bem e o Neymar é o melhor jogador. Ele está no auge a ainda vai nos ajudar muito”, acredita. Assim como o pai, Lucas também aposta em Neymar como melhor do time. “Ele joga muito bem, dá drible e chapéu”, completa. O próximo encontro dos brasileiros será nesta quarta-feira (27), às 15h, contra a Sérvia.JOGO DO BRASILTORCIDA PADARIA BEATRICE


Leia mais sobre | | |
FOTOS: ALEXANDRE MARTINS/JORNAL DE JUNDIAÍ
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/a-sexta-feira-diferente-do-jundiaiense-que-parou-para-assistir-a-vitoria-do-brasil-na-copa/
Desenvolvido por CIJUN