Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Acidentes na Dom Gabriel viram rotina para motoristas

VINICIUS SCARTON | 18/12/2018 | 05:03

[TEXTO]Para condutores que transitam diariamente pela Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (SP-300), em Jundiaí, presenciar um acidente na via já virou rotina. O motorista Rivonaldo Alves, de 37 anos, afirma que as ocorrências são quase diárias. “Infelizmente, noto que a maioria dos casos acontecem próximo à Coca-Cola, principalmente no horário de pico, por volta das 17 horas. Além disso, em dias chuvosos o tráfego fica bastante complicado, juntamente com a imprudência e a pressa das pessoas, sendo motivos cruciais na causa de acidentes”, comenta.

Sobre o mesmo trecho da rodovia, o construtor Claudemir José de Oliveira, de 54 anos, diz que já perdeu as contas de quantos acidentes presenciou na Dom Gabriel. “Acredito que o trecho mais perigoso da rodovia encontra-se na altura da Coca-Cola, onde já presenciei diversos acidentes, principalmente pela redução de velocidade que acontece no local”, opina.

Já o piloto de avião Guilherme Piva, de 31 anos, diz que os acidentes acontecem frequentemente. “Eu resido nesta região da cidade e os acidentes são corriqueiros. Em meu ponto de vista, esse fato acontece pela própria estrutura da via, que é ruim, devido a quantidade de veículos que circulam pelo local diariamente. Além disso, vejo muita imprudência e motoristas que não sabe dirigir transitando por essa localidade”, ressalta.

Somente na última semana, o Jornal de Jundiaí noticiou a morte de um homem no quilômetro 66, próximo ao Distrito Industrial de Jundiaí, na madrugada do dia 11. Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista estava dirigindo no sentido Itu-Jundiaí quando bateu na defensa metálica da via e, em seguida, capotou o veículo. Outro grave acidente aconteceu no último dia 15, envolvendo três veículos, com duas vítimas na Dom Gabriel.

Apesar da frequência de acidentes, as concessionárias CR AutoBan e AB Colinas, que administram a rodovia em Jundiaí, afirmam que o número de ocorrências em dezembro caiu em relação ao mesmo período de 2017. No trecho de 2,6 quilômetros administrado pela CCR AutoBAn foram registrados 10 acidentes entre os dias 1º e 16 de dezembro, sem vítimas fatais. Já no mesmo período de 2017, foram 15 acidentes, também sem vítimas fatais. Uma redução de aproximadamente 35% no total de acidentes.

A AB Colinas também registrou um número menor de acidentes neste período. Enquanto no ano passado foram contabilizados 8 acidentes sem vítima fatal, em 2018 houve 6 ocorrências, com uma vítima fatal. Tanto a CCR AutoBan quanto a AB Colinas reforçam que realizam campanhas e ações que visam a educação e conscientização para o trânsito.

T_CAPOTADO


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/acidentes-na-dom-gabriel-viram-rotina-para-motoristas/
Desenvolvido por CIJUN