Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Alerta: Jundiaí registra 21 casos de picadas de escorpião em 2018

kátia appolinário, especial para o JJ | 14/07/2018 | 12:55

A morte de uma criança de apenas 4 anos após ser picada por um escorpião esta semana, em Cabrália Paulista, interior de São Paulo, chamou a atenção para o problema. Segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde, somente este ano já foram registrados 11,5 mil ataques em todo o estado, número que vem crescendo desde 2011, quando ocorreram pouco mais de 7 mil picadas do aracnídeo em todo o ano. Em Jundiaí, segundo dados da Unidade de Vigilância de Zoonoses, 21 pessoas foram picadas por escorpiões no primeiro semestre da cidade. No ano passado, o número registrado durante os 12 meses chegou a 65.

Em caso de picada, a Zoonoses recomenda que a área seja lavada com água e sabão e que o atendimento médico seja procurado o quanto antes, uma vez que o veneno desses aracnídeos irrita as terminações nervosas e promove dor intensa. Em Jundiaí, o Hospital São Vicente de Paulo mantém em estoque o soro antiescorpiônico caso haja necessidade de uso. Entulho, restos de materiais de construção e madeiras descartadas irregularmente são alguns dos fatores que contribuem para a proliferação do aracnídeo. A Zoonoses aconselha os moradores a mater os ralos e pias tampadas durante a noite, bem como vedar frestas nas paredes e portas, colocar telas em janelas e anteparos na base das portas.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE JUNDIAÍ

REGIÃO
A moradora de Várzea Paulista, Michele Petean, de 31 anos, mora ao lado de um terreno baldio e está preocupada com a situação, pois encontra escorpiões com frequência dentro de casa. “Ninguém corta o mato, ninguém recolhe o entulho, e enquanto isso eu e os vizinhos sofremos as consequências. O que me preocupa é a possibilidade de um desses escorpiões picar meu filho”, afirma. Várzea tem oito casos de picadas registrados este ano. Questionada sobre o problema de Michele, a prefeitura orienta que os moradores registrem a ocorrência na Ouvidoria Municipal para que a equipe de Zoonoses possa tomar as devidas providências.

Foto: Rui Carlos/Jornal de Jundiaí

Foto: Rui Carlos/Jornal de Jundiaí


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/alerta-jundiai-registra-21-casos-de-picadas-de-escorpiao-em-2018/
Desenvolvido por CIJUN