Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Alocação de água pode ser a solução

| 03/07/2014 | 00:05

Durante reunião realizada no final de junho com empresas que fazem parte do Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) foi apresentado um plano para escalonar o uso da água, baseado no sistema utilizado no Ceará. A ideia é mais uma estratégia para evitar que 3 milhões de pessoas em cidades como Campinas, Jundiaí e Piracicaba fiquem sem água.

O plano propõe dividir o uso da água por horários e setores para suportar o período de seca, que está apenas começando. Estariam envolvidos todos os municípios ligados ao Sistema Cantareira. O professor da Unicamp, Antonio Carlos Zuffo, explica que o objetivo não seria represar a água, mas definir horários que cada setor, como indústria e agricultura, por exemplo, poderiam usá-la.

Segundo ele, se nada for feito em 100 dias a água deve secar, até mesmo a reserva técnica, ou seja, o ‘volume morto’. “Cada cidade precisa agir o quanto antes e não apenas esperar que a chuva venha. Todas as cidades que fazem parte do Consórcio estão em um estado crítico e Jundiaí não está fora disto.”


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/alocacao-de-agua-pode-ser-a-solucao/
Desenvolvido por CIJUN