Jundiaí

Alunos da Casa da Fonte terão aula por meio do modelo EAD


A Casa da Fonte, associação socioeducacional sem fins lucrativos, que tem como mantenedora a Companhia Saneamento de Jundiaí (CSJ), tem oferecido a seus alunos a oportunidade de realizar os cursos do projeto no modelo EAD – ensino à distância. Para a diretora da associação, Maria Cristina Castilho de Andrade, a novidade será implantada para que as aulas mantenham sua continuidade durante o isolamento social. “É importante para nossas crianças e jovens saberem que continuamos perto mesmo com o distanciamento. Os cursos não vão parar e vamos nos adaptar às tecnologias para que os ensinamentos possam ser propagados mesmo longe.” Com a modernização dos cursos à distância, Maria Cristina acredita que o método será essencial para manter a proximidade com os alunos e não quebre tanto a rotina que eles já tinham dentro do projeto. “Nossa ideia é que eles entendam que, mesmo em casa, é possível aprender, desenvolver e estudar também. Não é igual, mas é possível em situações como as que estamos vivendo atualmente”. Os professores gravarão videoaulas que serão disponibilizadas nas mídias sociais do projeto. A psicóloga e a assistente social também estarão disponíveis de forma on-line para os alunos que precisarem de atendimento durante o período. “Estamos vivendo algo totalmente novo, seja para crianças como para adultos. Nossa função é oferecer um suporte para que possamos passar por tudo isso e sair com muito aprendizado. Não seremos mais os mesmos, mas que possamos ser muito melhores”. Auxílio emergencial A Casa da Fonte está cadastrando pessoas que residem nos bairros Jardim Novo Horizonte, Residencial Almerinda Chaves e Residencial Jundiaí, interessados em receber o Auxílio Emergencial. O benefício financeiro de R$ 600 é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, que tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus. Para realizar o cadastro é preciso agendamento e levar os seguintes documentos: RF, CPF, Comprovante de residência, dados da conta bancária, nome da mãe, número do CPF de outras pessoas que fazem parte da renda familiar, número do celular (e estar com o aparelho em mãos no dia). Quem não tiver aparelho móvel poderá se cadastrar com o número da Casa da Fonte.

Notícias relevantes: