Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Alunos da rede pública de Jundiaí vencem Olimpíada de Matemática

KÁTIA APPOLINÁRIO - ksantos@jj.com.br | 28/06/2018 | 08:54

Estudo e dedicação somados ao trabalho em grupo. Essa é fórmula que levou os 28 alunos do 5º ano da escola municipal Professor Joaquim Candelário de Freitas, na Vila Hortolândia, a conquistarem medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática sem Fronteiras. Agora, os próximos passos são rumo ao exterior.

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí

A escola foi convidada a representar Jundiaí na Asia International Mathematical Olympiad (Aimo) 2018, outra disputa que será realizada na cidade de Bangkok, na Tailândia. Mas, de acordo com a coordenadora pedagógica da escola, Sandra Regina, a participação dos alunos neste novo desafio dependerá do custeio de patrocinadores, uma vez que a escola não tem suporte para financiar a viagem do grupo estudantil. “Os alunos estão muito felizes, e mais do que isso, estão ansiosos para saber quem serão os selecionados para representar nossa cidade neste evento tão importante, mas precisamos de patrocínio”, diz ela.

A professora Lucila Aparecida Michelin, 50 anos, que acompanha os alunos do 5º ano desde o início de 2017 conta que mais do que incentivar os estudos, a competição trabalha valores. “As provas foram resolvidas em grupos, e depois disso os alunos tinham que socializar as respostas para chegarem a um resultado final, porque só é enviado um gabarito da turma para correção”, explica. “Assim, nossos alunos aprenderam muito sobre solidariedade, ajuda mútua, e raciocínio lógico para chegarem às respostas das questões.”

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí

A jovem Larissa Lopes, de 10 anos, faz parte do grupo que ganhou a medalha de ouro. Ela não esperava pelo resultado e acredita que esse desafio vencido é só o começo de uma longa jornada. “Eu sempre gostei muito de matemática e sonho em um dia ser professora para poder passar adiante todo o meu conhecimento”, almeja a aluna.

Seu colega, Erick de Lima Leite, confessa não ter muita afeição pelas ciências exatas, mas se divertiu fazendo a prova. “Com a ajuda da professora parece que ficou tudo mais fácil. Meus pais ficaram muito felizes com o resultado, minha mãe até chorou”, conta o pequeno, que se sente motivado para continuar os estudos e que sonha em ser cirurgião plástico.

POTENCIAL
Além de alimentar metas futuras e mostrar às crianças o tamanho de seu potencial intelectual, a prova aproximou os pais da comunidade escolar. “Isso faz com que os pais valorizem ainda mais a escola, o trabalho desenvolvido em sala de aula, e que se tornem mais parceiros. Nós percebemos a melhora em todos os lados”, reforça a professora.

Para a gestora de Educação, Vasti Ferrari Marques, essa conquista é um grande presente para o Sistema Municipal de Ensino. “O trabalho feito pela professora Lucila, pelos alunos e pela equipe escolar é uma referência. Além disso, esse prêmio nos engrandece pelo fato de sermos uma das poucas escolas públicas que conquistaram essa medalha. O município está orgulhoso”, diz.

Na edição deste ano, 85 mil estudantes participaram da competição que tem o intuito de despertar o interesse pela matemática nos alunos desde cedo, bem como aprofundar o comprometimento dos jovens com a rotina de estudos. No total, foram distribuídas 200 medalhas de ouro, 400 medalhas de prata e 600 medalhas de bronze. Entre as 57 escolas premiadas no estado de São Paulo, cinco são de Jundiaí.

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí

Foto: Alexandre Martins/Jornal de Jundiaí


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/alunos-da-rede-publica-de-jundiai-vencem-olimpiada-de-matematica/
Desenvolvido por CIJUN