Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

ANS lança campanha para incentivo ao parto normal

Guilherme Barros | 06/12/2019 | 05:00

A informação durante a gestação sobre a importância de todos os passos do trabalho de parto foi um dos fatores que fizeram com que a engenheira elétrica Bruna Lorencini Colassanto fosse para a maternidade de maneira decidida. “Assim como nós não podemos intervir quando uma borboleta está saindo do seu casulo, quando ela não nasce tão pronta, também funciona conosco. Eu resolvi deixar a natureza fazer o trabalho dela.”

A decisão de ter um parto natural como a de Bruna está longe do número ideal estipulado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A cada 100 nascimentos, 85% deles deveriam ser partos normais, enquanto os outros 15% deveriam ser gerados através de cesáreas. No Brasil, 55,6% dos partos realizados acontecem de maneira cirúrgica. Em Jundiaí, o número de partos naturais na rede pública de saúde superou o número de cesáreas em 2018. Foram 2.040 nascimentos normais ante 1.656 cesáreas. Neste ano, até agora, o Hospital Universitário registrou 1.723 na primeira modalidade contra 1.507 na segunda.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) lançou, nesta semana, uma nova edição da campanha sensibilização para mobilizar principalmente os planos de saúde a incentivar gestantes e médicos a realizarem o parto natural. De cada 100 cesáreas realizadas no país, 83 delas são realizadas por planos de saúde.

Os partos cesarianos são realizados sobretudo por uma questão de saúde. Às vezes, problemas como hipertensão e diabetes são mais indicados, para proteger a mãe e o bebê. A decisão, porém, é da mãe. “Apesar de toda a especialização que temos em dar ao paciente aquilo que é melhor, não podemos obrigá-las a fazer o parto natural”, avalia o obstetra do HU, Francisco Pedro Filho.

O projeto Parto Adequado é uma parceria da ANS com a Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e o Institute for Healthcare Improvement. Ele é divulgado por meio do site da ANS e em suas redes sociais, no qual a agência reforça informações sobre a importância do nascimento no tempo certo. Segundo a ANS, o parto normal favorece o vínculo do bebê com a mãe, fortalece o sistema imunológico e melhora o ritmo cardíaco do bebê.

A opção de planejar o nascimento dos dois filhos e o compromisso com o trabalho foram os motivos que levaram a cabeleireira Danielli Vitti Romano a realizar a cesárea. “Passei com uma médica incrível que me passou a maior tranquilidade e atenção do mundo. Deu tudo certo, nasceram como planejado e com muita saúde. Além de ser do jeitinho que eu esperava, foi completamente indolor, com uma recuperação muito rápida”, conta.

 


Leia mais sobre | | |
Guilherme Barros
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/ans-lanca-campanha-para-incentivo-ao-parto-normal/
Desenvolvido por CIJUN