Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Apesar do frio, atendimento nos hospitais é estável

SIMONE DE OLIVEIRA | 11/07/2019 | 05:01

As temperaturas voltam a subir a partir desta semana, e a boa notícia é que o frio dos últimos dias não afetou a rotina dos hospitais públicos de Jundiaí. Segundo adiantaram as assessorias, o atendimento foi até menor neste final de semana, com as temperaturas oscilando entre 5º e 10º graus, do que uma semana antes do frio intenso.

No Hospital Universitário (HU), por exemplo, foram registrados 530 atendimentos entre os dias 28 e 30 de junho contra 407 entre 5 e 7 de julho.

Já no São Vicente foram 45 registros no pronto-socorro entre os dias 5 e 8 de julho, contra 74 entre os dias 28 de junho e 1 de julho. A maioria referente a doenças respiratórias.

O clínico geral Mauro Ivan Andrade explica que em época com queda de temperatura, casos de infecções de vias aéreas são muito comuns entre os adultos e por isso os atendimentos são em torno deste público. “Gripes, resfriados, laringite, otite e outras doenças do gênero são muito comuns. Para evitar as doenças típicas desta época é importante evitar ambientes fechados e aglomerados, manter a vacinação em dia, ingerir bastante líquido, higienizar muito bem as mãos, manter a umidade do ar, especialmente nos quartos, e lavar sempre os cobertores antes mesmo de utilizá-los”, orienta.

A moradora da Vila Rami, Jéssica Carvalho de Oliveira, levou ontem (10) sua filha de 2 anos, Rafaely de Oliveira, ao hospital devido as crises de vômito e de diarréia. Ela estranhou os sintomas no período do frio, porque relata que é comum que aconteça em temperaturas mais altas. “Por enquanto me falaram que se trata de uma virose e que ela precisa tomar um soro para se hidratar. Espero que não seja nada mais grave”, diz a mãe.

Segundo Jéssica, o frio acaba sendo prejudicial para as crianças devido às crises de resfriado, porém as crises não chegaram com intensidade este ano. “Apesar do frio elas estão bem.”


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/apesar-do-frio-atendimento-nos-hospitais-e-estavel/
Desenvolvido por CIJUN