Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Aplicativo estimula a doação de sangue no Colsan e é aprovado por usuários

Mauro Utida . mutida@jj.com.br | 12/12/2017 | 16:03
Fábio Duarte baixou o aplicativo e se surpreendeu com a agilidade (Foto: Alessandro Rosman)

Fábio Duarte baixou o aplicativo e se surpreendeu com a agilidade (Foto: Alessandro Rosman)

O aplicativo gratuito que estimula a doação de sangue e facilita o agendamento no Hemocentro de Jundiaí (Colsan) já conta com 330 downloads e proporcionou 105 agendamentos desde o dia 2 de setembro, quando passou a funcionar em fase de teste.

Chamado de Time do Sangue, o aplicativo para smartphones começou a funcionar oficialmente no final de novembro, período considerado crítico, quando o número de doadores reduz significativamente e aumenta a demanda por sangue.

“O aplicativo começou a funcionar em boa hora. De dezembro até o Carnaval é a época em que a demanda por sangue é maior nos hospitais e é justamente o período com menos doações”, diz a gerente administrativa do Colsan, Áurea Denigres.

As doações de sangue no Colsan de Jundiaí vem caindo desde setembro. Áurea explica que em outubro e novembro houve uma média de 1.800 doadores, sendo que a média é 2 mil por mês.

A co-fundadora do aplicativo, Kellen Petreche, explica que o programa também tem o objetivo de ajudar na organização dos hemocetros, seguindo o exemplo de Santos e Sorocaba, que também aderiram a este recurso. “Com este aplicativo o doador chega ao hemonúcleo com dia e hora marcados, agilizando todo o processo de doação”, explica.

Mais facilidade
O dentista Fábio Duarte, 43 anos, e a esposa Natalia Pupo Duarte, 34, são doadores de sangue há anos. No caso deles, que são trabalhadores autônomos, o maior empecilho sempre foi conseguir tempo.

Eles se surpreenderam com a agilidade proporcionada pelo aplicativo. “Antes perdíamos quase a manhã toda para conseguir doar sangue. Agora com o aplicativo, o atendimento com dia e horário marcado foi super rápido”, declara o dentista.

Tanto ele quanto a esposa são alunos universitários do curso de Biomedicina e a faculdade incentiva os alunos a fazerem doações.

A vendedora Lisandra Bodelaci, 45, também baixou o aplicativo no seu celular e elogiou a agilidade no atendimento. Para ela, o maior problema em doar sangue sempre foi o tempo e desta vez o processo não durou mais do que uma hora. “Estou recomendando para todos os meus amigos. Achei a ideia ótima, mas precisa ser mais divulgada”, disse.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/aplicativo-estimula-a-doacao-de-sangue-no-colsan-e-e-aprovado-por-usuarios/
Desenvolvido por CIJUN