Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Após sobrevoo, Bigardi afirma que estado de alerta permanece

| 19/10/2014 | 21:53

Um sobrevoo sobre a Serra do Japi para calibragem das ações necessárias para a mitigação dos danos causados pela onda de incêndios de outubro foi relizado na manhã de domingo pelo prefeito Pedro Bigardi e integrantes do governo. A análise principal é de que o estado de alerta continua exigindo ações, como o monitoramento permanente.

“Pudemos ver que a principal unidade de conservação, a Rebio (Reserva Biológica Municipal) está intacta assim como a maior parte da área tombada. Mas há estragos no restante da Serra do Japi, principalmente em Cabreúva, Cajamar e Pirapora”, afirmou Bigardi no retorno da ação às 11h48.

Entre as medidas emergenciais o prefeito determinou ações de apoio imediato ao trabalho de resgate de animais silvestres da ONG Mata Ciliar (que está com sua renovação de convênio ainda em tramitação), a continuidade das ações de monitoramento na serra da Divisão Florestal, da Guarda Municipal (153) e a continuidade da organização de apoios voluntários da sociedade e da iniciativa privada pela Defesa Civil (199).

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta segunda-feira (20) ou faça uma assinatura digital.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/apos-sobrevoo-bigardi-afirma-que-estado-de-alerta-permanece/
Desenvolvido por CIJUN