Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Aumenta o número de casos suspeitos de febre maculosa em Jundiaí

BÁRBARA NÓBREGA MANGIERI | 21/08/2018 | 14:30

Os casos suspeitos de febre maculosa na cidade aumentaram de 14 para 18 em menos de uma semana. O número de casos que estão aguardando confirmação também aumentou de três para cinco desde o último levantamento do JJ. Segundo a Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, outros 12 casos já foram descartados ou considerados negativos. O número de casos confirmados, porém, permanece o mesmo: apenas uma criança, que já teve alta hospitalar, foi diagnosticada com febre maculosa na cidade, no final de julho.

Não há vacina contra a doença, que tem sintomas a febre, dores de cabeça, dores musculares, nas articulações, no abdômen ou nos músculos. Também pode-se apresentar calafrios ou perda de apetite, náusea, vômito, erupções ou manchas vermelhas. A Unidade de Vigilância de Zoonoses da cidade destaca que o período de inverno é propício para a proliferação da doença, e por isso a preocupação é grande pelo risco de contaminação nos seres humanos através do contato com o carrapato-estrela.

CLIQUE AQUI E LEIA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE JUNDIAÍ

Seguindo a orientação do órgão, a DAE e a Prefeitura de Jundiaí estão realizando uma ação preventiva no Parque da Cidade.
A iniciativa envolve medidas de manutenção do espaço e a distribuição de um folder para os visitantes, além do fechamento temporário do Jardim Japonês, onde foi encontrada uma maior concentração de carrapatos. O trabalho teve início com o corte do mato no Parque.

A Zoonoses ainda orienta que os visitantes do parque façam o autoexame, enquanto estiverem no local e na saída. Caso algum carrapato seja encontrado, é necessário torcê-lo de duas a três vezes para retirar, antes de puxar. Uma pinça também pode ajudar. Entre maio e outubro, em função do período de estiagem, há uma maior presença de carrapatos provenientes das capivaras, por isso, é necessário tomar cuidados como não andar em áreas proibidas e sinalizadas, não deitar na grama e nem se aproximar dos animais.

Foto: Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina

Foto: Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/aumenta-o-numero-de-casos-suspeitos-de-febre-maculosa-em-jundiai-2/
Desenvolvido por CIJUN