Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Aumento do dólar altera rotina de quem vai viajar para exterior

SIMONE DE OLIVEIRA | 03/12/2019 | 05:00

Com o dólar turismo na casa dos R$ 4,43, o maior valor deste ano, quem planeja viajar ou já pagou a viagem para os próximos dias deve ficar atento à oscilação da moeda. De acordo com especialistas, quem não pode adiar a viagem, principalmente quando se trata de corporativa, deve planejar sua estadia com cautela para não ter prejuízos financeiros.

A sócia-proprietária de uma agência de turismo, Rosa Massoti, relata que a alta do dólar pode influenciar diretamente quem pode adiar sua viagem, porém, nos casos em que esta saída faz parte dos planos de vida da pessoa, acredita que dificilmente haverá desistência. “Quando se trata de uma viagem de lazer, a pessoa tem como opção trocá-la por uma mais econômica ou adiá-la para uma data posterior. Mas, quando se trata de estudos ou tratamento médico, dificilmente são adiadas”, diz Rosa.

Apesar desta oscilação, ela lembra que a alta do dólar para as compras é o que menos preocupa o viajante de lazer, porque mesmo quando evita as compras, o turista consegue se divertir. “O cálculo de dinheiro necessário para viajar deve priorizar alguns gastos obrigatórios, como acomodação, transporte e alimentação”, orienta.

O vice-presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), Frederico Levy, orienta as pessoas que tem passagens e diárias compradas para antecipar outras compras que fazem parte dos planos do roteiro, como passeios, tours, bilhetes de shows ou ingressos de parques. “Depois que passa o momento de mais volatilidade e a cotação estabiliza, mesmo que em patamar mais elevado, o movimento volta. O importante é não agir no impulso”, comenta.

FIQUE DE OLHO
Acostumada com as viagens internacionais, Rosa Masotti dá algumas dicas para quem não deseja mudar os planos, principalmente quando se trata de viagem de lazer. “Opte pelos países mais econômicos, troque por destinos nacionais, fracione a compra dos dólares (euros) necessários nos meses antecedentes ao embarque, aproveite parcelamentos disponíveis, compartilhe a acomodação com amiga (o), e planeje os gastos com alimentação”, orienta.

O dólar turismo é a cotação praticada na venda de papel moeda para quem vai viajar para fora do País. A cotação não é a mesma do comercial, utilizado em operações de importação e exportação.

Rosa Massoti comenta nos casos de viagem de lazer, a pessoa tem a opção de trocá-la por uma mais econômica ou adiá-la.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/aumento-do-dolar-altera-rotina-de-quem-vai-viajar-para-exterior/
Desenvolvido por CIJUN