Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Aumento no consumo de água não altera volume da represa

Édi Gomes | 20/05/2020 | 05:17

Desde o início do isolamento social para combater a progressão do coronavírus, Jundiaí registrou um aumento de 3% do consumo de água. A concentração está nos bairros residenciais, reflexo do isolamento social que as pessoas têm cumprido em casa, porém mesmo com o aumento do consumo, a capacidade máxima de represa de acumulação é de 9,3 bilhões de litros de água.

Segundo explica o diretor-presidente da DAE S/A, Eduardo Palhares, neste período de estiagem ela está em 62% média de 5,7 bilhões de litros. Nível adequado para o abastecimento da cidade por isso mesmo com aumento de consumo não há previsão de racionamento. “A represa está dentro dos limites operacionais. Sempre pedimos que as pessoas possam manter a higienização correta junto com o uso racional da água”, diz.

Com a intensificação da estiagem, a Dae iniciou no dia 17 de abril a reversão do rio Atibaia. São três bombas operando que gerou um aumento de R$ 700 mil na conta de energia da empresa.

CONSCIÊNCIA
Mesmo com toda família em casa, a supervisora administrativa Flávia Soares, de 40 anos, está conseguindo garantir o consumo médio e os valores pagos.

“Aqui mantivemos o consumo de abril. Em março a conta veio maior, pois estávamos com um familiar hospedado. Mas sem grandes alterações”, justifica a moradora da Agapeama.

Ao todo são seis moradores na residência e a água, segundo a supervisora, é utilizada com responsabilidade. “Temos uma rotina de higienização por causa da minha avó, que requer cuidados especiais, por estar acamada devido a um AVC. Outra rotina é não ensaboar louças com a torneira aberta e o mesmo processo ao escovar os dentes”, finaliza.

Palhares reforça de que apesar do prefeito Luiz Fernando (PSDB) ter suspendido os cortes de água por falta de pagamento até 30 de junho, por conta da pandemia, para quem puder, efetue o pagamento das contas de água para que o serviço de qualidade possa ser mantido.


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/aumento-no-consumo-de-agua-nao-altera-volume-da-represa/
Desenvolvido por CIJUN