Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Bairro do Medeiros recebe prestação de contas

Da redação | 19/11/2019 | 14:55

O salão da igreja Nossa Senhora de Fátima, no Medeiros, foi palco na noite desta segunda-feira (18) de mais uma prestação de contas da Prefeitura de Jundiaí à população. Seis gestores municipais receberam dos moradores do bairro e de localidades próximas várias demandas, ligadas à saúde, educação, serviços públicos e planejamento urbano, além de outras áreas.

Marcaram presença no encontro os gestores Luiz Trientini (Esporte e Lazer), Vasti Ferrari Marques (Educação), Sinésio Scarabello Filho (Planejamento Urbano e Meio Ambiente), Adilson Rosa (Infraestrutura e Serviços Públicos), Tiago Texera (Promoção da Saúde) e Nádia Taffarelo Soares (Assistência e Desenvolvimento Social). A prestação de contas contou com o apoio do vereador Antonio Carlos Albino.

Uma cidadã lembrou que a UBS da Sarapiranga teve este ano mais de três mil pessoas que marcaram consultas e não compareceram. O gestor de Promoção da Saúde de Jundiaí aproveitou para reforçar a importância de as pessoas terem consciência de ligar para a unidade desmarcando a consulta, o que dará a chance de outros pacientes serem atendidos. “Só em outubro, das 1.003 consultas agendadas na unidade, 27,8% não aconteceram porque as pessoas faltaram e não avisaram”, disse Tiago Texera.

Outras duas munícipes, aprovadas no concurso público para agente de saúde, fizeram o uso da palavra para dizer que aguardavam ser chamadas e perguntaram se isso realmente ocorreria antes do prazo de convocação do concurso “caducar” (perder a validade prevista em lei), em maio de 2020. O gestor revelou que a expectativa é que, no ano que vem, estes profissionais aprovados sejam chamados. “Isso está previsto no orçamento de 2020”, emendou Tiago.

Sandra Juliani Bertoldo dos Santos mora no Medeiros há seis anos e meio e levantou vários problemas do bairro. “Algumas ruas precisam do corte de mato e faltam calçadas decentes para as pessoas transitarem, sem falar do risco de acidentes de quem é obrigado a andar na avenida”, ressaltou. “Um terreno em especial tem grande acúmulo de resíduos de construção e de lixo. A prefeitura pode tomar providências?”, questionou Sandra.

As observações da munícipe foram anotadas pelas equipes das unidades de gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) e de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) presentes à prestação de contas.

“Espero que estas questões sejam resolvidas. É sensacional este tipo de evento, pois nele a prefeitura se aproxima da população e ouve os nossos problemas”, emendou Sandra, que ainda destacou a falta de sinalização viária em alguns pontos do Medeiros e a necessidade de uma maior fiscalização para coibir o estacionamento de veículos em locais proibidos.

Sobre as calçadas, principalmente da Avenida Reinaldo Porcari, o gestor da UGPUMA, Sinésio Scarabello Filho, disse que, em 2020, quando a prefeitura elaborar o Plano de Bairros, previsto no Plano Diretor (recentemente aprovado pela Câmara Municipal), o Medeiros será um dos primeiros bairros contemplados. “Antes de melhorar as calçadas, a Reinaldo Porcari, por exemplo, precisa de um alargamento do espaço destinado aos pedestres”, informou Sinésio.

Outros assuntos
Os moradores também listaram no encontro desta segunda-feira outros problemas: abertura de mais vagas de creches, a pavimentação de vias, o atendimento de idosos acamados e a drenagem da água da chuva, com prioridade para a Avenida Reinaldo Porcari.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/bairro-do-medeiros-recebe-prestacao-de-contas/
Desenvolvido por CIJUN