Jundiaí

Banco do Povo espera crescer 10% neste ano


2014-09-29_21-17-10_1
Crédito: Reprodução/Internet

Com juros de 0,35% ao mês, o Banco do Povo Paulista, órgão ligado à Secretária do Trabalho e Emprego do Estado de São Paulo, é a tábua de salvação para quem precisa de ajuda financeira para abrir um novo negócio ou ampliar o já existente. A expectativa da unidade de Jundiaí é ampliar o movimento e as concessões em 10% neste ano, e superando o valor de R$ 687.954,81 negociado em 128 contratos fechados em 2013.

Dona Estelita de Jesus, 68 anos, é um exemplo de usuária do Banco do Povo. Tem 20 empréstimos realizados e já quitados com a instituição. O dinheiro foi usado para comprar mercadorias para vender nas ruas. “Fiquei sabendo do banco por uma amiga. Fui lá e consegui R$ 2 mil. Foi fácil e me ajudou muito porque os juros são baixos”, conta.

A idosa faz parte do perfil de 60% dos usuários do Banco do Povo: microempreendedores individuais. Os 40% restantes são de pessoas que perdem o emprego e buscam uma alternativa para garantir a renda familiar. De acordo com a agente de crédito Ana Adélia Souza Dias, mensalmente, a unidade movimenta entre R$ 45 mil a R$ 50 mil. “Esperamos crescimento de 10% neste ano. Comparando o período entre janeiro a agosto, no ano passado tivemos 84 contratos no valor de R$ 448.336,99, e neste ano, já estamos com 105 contratos, que juntos, somam R$ 577.677,40. O montante movimentado no ano passado na unidade de Jundiaí foi de R$ 687.954,81

Como pegar - De acordo com a agente de crédito, os empréstimos pelo Banco do Povo estão disponíveis para pessoas físicas e jurídicas, e são variáveis em montante de acordo com o tempo da atividade e podem chegar a até R$ 3 mil para quem está iniciando as atividades. As pessoas físicas têm prazo habilitado de até 24 meses para pagar. As pessoas jurídicas podem pagar em até 36 meses. Em ambos os casos, os juros são de 0,35% ao mês.

O Banco do Povo de Jundiaí está no Centro das Artes, na Barão de Jundiaí, 1093, Centro. O atendimento deverá ser transferido para novo prédio que está em reforma pela administração municipal. Ainda não há data para a mudança.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta terça-feira (30) ou faça uma assinatura digital.


Notícias relevantes: