Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Barreira municipal é opção contra coronavírus

KÁTIA APPOLINÁRIO | 22/05/2020 | 05:00

As cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) têm se esforçado para conter o avanço dos casos de coronavírus. Logo após Jundiaí, Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista ocupam respectivamente o segundo e terceiro lugar na região entre as cidades com maior ocorrência de casos positivos, por isso as medidas de prevenção foram reforçadas.

Com 84 casos positivos e oito óbitos confirmados, Várzea Paulista registrou uma queda no isolamento social desde o último domingo (17). Até a tarde de quarta-feira (21), a taxa registrada era de 42%, sendo que o índice ideal estabelecido pelo governo do estado de São Paulo é que o isolamento seja superior a 70%.

Segundo o gestor de Desenvolvimento Econômico e coordenador do Comitê de Acompanhamento ao Coronavírus, Marco Bueno, as medidas preventivas continuam sendo colocadas em prática para que seja possível conter a disseminação do vírus. “Estamos tomando medidas de prevenção contra aglomerações, como o fechamento do Parque Chico Mendes, campos e ginásios esportivos, além da fiscalização dos comércios quanto ao cumprimento das normas sanitárias e funcionamento de estabelecimentos não essenciais”, compartilha.

Várzea Paulista também tem realizado o bloqueio das principais entradas da cidade para tentar reduzir o fluxo de munícipes. Além disso, a cidade implementou o Pit Stop da saúde, com o intuito de manter a população informada. “Estamos realizando abordagens de veículos e transeuntes nas avenidas de maior aglomeração, fazendo aferição de temperatura e distribuindo material gráfico informativo e máscaras de proteção facial produzidas pelo Fundo Social de Solidariedade”, conta.

O gestor ressalta também a necessidade de todas as cidades do AUJ se mobilizarem. “O enfrentamento à pandemia no AUJ deve ser um esforço conjunto entre as prefeituras, pois os resultados são sentidos, invariavelmente, por todos os municípios. Logo, qualquer plano deve ser discutido entre todas as prefeituras”, ressalta.

Em Campo Limpo Paulista, a equipe de gestão também está agindo contra o vírus. Com 13 casos confirmados e oito mortes, a cidade foi a única da região a se aproximar do índice ideal de isolamento, com 65% no dia 19 de março. No entanto, a média não se manteve e, desde então, tem registrado um índice que varia de 40 a 50% de isolamento.

De acordo com o gestor da Secretaria de Saúde de Campo Limpo Paulista, Sebastião Batista, mais de 30 ações foram arquitetadas para combater o vírus. “As medidas foram pensadas com o intuito de atingir diferentes frentes como educação, finanças, saúde, cultura e assistência social”, explica.

Na cidade os pontos comerciais não essenciais e demais locais públicos também foram fechados. “Além disso, a Prefeitura junto a Secretaria de Saúde e demais órgãos têm feito os alertas e reforçado o isolamento social via redes sociais, carro de som e com suporte da Guarda Civil Municipal que, por decreto, está autorizada a multar os comércios não essenciais que tiverem reincidência de abertura”, ressalta Batista.

A assistência médica de Jundiaí tem sido essencial para o município. Desde o início do mês de março, 26 pacientes foram encaminhados para o HSV e um para o Hospital Regional. Destes, oito já retornaram no mesmo dia e quatro foram de alta para casa no mesmo dia.

Em Cabreúva, a Secretaria da Saúde está realizando um bloqueio sanitário para fiscalizar o uso de máscaras. A ação teve início na quarta-feira (20) e se estenderá até domingo (24). As equipes serão formadas por profissionais da segurança e agentes de trânsito e estarão em dois pontos da Estada dos Romeiros, no trecho em direção à Pirapora do Bom Jesus e também no trecho que liga à Itu.

Já Itupeva iniciou nesta quinta-feira, 21 de maio, a Blitz Sanitária para combater o Coronavírus. A ação que continuará nos próximos dias: 22, 23, 24, 25 e 26, envolve desinfecção de locais de grande circulação de pessoas, distribuição de máscaras e informativos com orientações e a medição de temperatura das pessoas que estarão transitando pelo município.

A medida educativa e preventiva está sendo adotada, considerando também o possível aumento no fluxo de turistas na cidade nesses próximos dias.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/barreira-municipal-e-opcao-contra-coronavirus/
Desenvolvido por CIJUN