Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Busca por serviços de assistência técnica cresce 212% em junho

Kátia Appolinário | 05/07/2020 | 05:55

Segundo um levantamento realizado pelo GetNinjas, aplicativo de contratação de serviços da América Latina, só em junho deste ano a procura pela contratação de serviços de reparo em Jundiaí teve um crescimento de 212% comparado ao mesmo período do ano anterior. Em nível nacional, o crescimento foi de 172% no último mês, sendo que a maior demanda é voltada para o conserto de notebooks.

Felipe de Sá, de 33 anos, é proprietário de uma loja de informática e afirma que desde março, o faturamento está cada vez maior. “Estamos trabalhando muito mais durante essa pandemia. A maioria dos clientes tem optado pela manutenção de seus aparelhos ao invés da compra de novos. Eu acredito que, em parte, isto se deve pela recessão econômica”, declara, valendo-se que os lucros tiveram um incremento de 60%.

Sá conta que neste período, os serviços remotos ganharam ainda mais força. “Dependendo do tipo de ocorrência, conseguimos resolver via acesso remoto. Já nos casos em que o problema está no equipamento, marcamos a data para a retirada e entrega do mesmo, sempre seguindo todas as medidas de segurança”, reitera.

Além dos serviços de assistência técnica, ele também trabalha com a venda de eletrônicos, como celulares e computadores. “Ter esses dois pilares também é uma vantagem para nós, mas normalmente a maioria dos clientes busca pelo reparo e, quando não compensa, a venda acaba sendo uma consequência”, explica.

HOME OFFICE
O aumento na demanda da procura dos consertos de aparelhos eletrônicos e itens de informática se deve, em grande parte, pela a adesão ao trabalho remoto que, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio, cresceu cerca de 30% no país. Para o diretor de TI de uma empresa de tecnologia de Jundiaí, Fernando Anderson da Silva, de 40 anos, o home office não só impactou no crescimento dos serviços de assistência, como também trouxe uma demanda significativa de implementação de sistemas de segurança.

“Muitas empresas não estavam preparadas para aderir ao teletrabalho. Foi nesse momento que nós entramos como facilitadores desse acesso remoto, instalando dispositivos de segurança e auxiliando na compra de licenças para a utilização de sistemas específicos”, comenta, ao lembrar que o maior número de pedidos em sua loja é proveniente das pequenas empresas que possuíam menos recursos.

Ele acredita que, mesmo após a pandemia, essa demanda continuará presente, ainda que em menor intensidade. “Ainda que parcialmente, acredito que muitas empresas vão aderir ao home-office como uma medida permanente e, com isso, provavelmente a assistência técnica de computadores e notebooks, bem como a instalação de sistemas de segurança continuará sendo uma necessidade a longo prazo”, ressalta.

SMARTPHONES
Ainda de acordo com o GetNinjas, nos últimos três meses a procura pelo reparo de celulares teve um aumento de 104%. O aparelho, que há tempos já se tornou indispensável para muitos, agora é um dos principais instrumentos de trabalho.

Aos 21 anos, Matheus Henrique Cunha, técnico e proprietário de uma loja especializada no conserto de celulares, conta que em dois meses bateu seu recorde de pedidos. “Recebi 450 smartphones para reparo, sendo que ano passado, levei quatro meses para receber a mesma quantidade de aparelho”, alega.

Ele diz que os consertos estão muito parecidos. “A maioria dos clientes busca pela troca de tela por algum problema no led e, especialmente nesse período de pandemia, estamos recebendo muitos celulares que tiveram a tela oxidada por conta do uso excessivo de álcool gel”, declara, ressaltando que ainda que a higienização do aparelho seja imprescindível, todo o excesso pode ser prejudicial.

SERVIÇOS
Charm Informática: www.charminformatica.com.br
Fascon – TI e Telecom: www.fascon.com.br
UTI do Celular: www.facebook.com/utidocelularjundiai


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/busca-por-servicos-de-assistencia-tecnica-cresce-212-em-junho/
Desenvolvido por CIJUN