Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cadastro do Bilhete Único começa dia 7 para quem não tem cartão

| 27/06/2014 | 22:05

O cadastro do Bilhete Único – sistema que permite ao usuário do transporte urbano utilizar mais de um ônibus pagando uma única passagem, durante uma hora e meia, a partir de qualquer ponto ou terminal – começa no dia 7 de julho para as pessoas que não possuem nenhum tipo de cartão para se deslocar por Jundiaí. O Bilhete Único está previsto para começar a funcionar em setembro e, segundo o secretário de Transportes de Jundiaí, Wilson Folgozi, deverá trazer grande mudança ao transporte público.

Segundo ele, aproximadamente 50 mil pessoas usam o transporte urbano de Jundiaí por dia – o que gera, em média, 130 passagens na catraca. Do total de 50 mil pessoas, 12 mil pagam com dinheiro e estão no público que a secretaria deseja atingir nesse primeiro momento. Quem já tem o cartão continuará a utlizá-lo normalmente com o novo sistema, aproveitando seus benefícios. A prefeitura já tem um calendário pronto e, mais adiante, passará a fazer a troca dos cartões pelos novos e sem custo.

Nesse primeiro momento, o Bilhete Único poderá ser adquirido de três formas: no espaço da Transurb, ao lado do Terminal Central, onde será feito um cadastro; nas bilheterias dos terminais, onde será fornecido um cadastro em papel; e nas centrais do Acessa Jundiaí, nos terminais Colônia, Vila Arens, Vila Rami, Cecap e Eloy Chaves, onde o próprio usuário – com a ajuda de um monitor – poderá fazer seu cadastro digitalmente.

Essa fase de novos cadastros, explica Folgozi, deverá seguir até novembro. Para fazê-lo, é necessário apresentar documento com foto, número de RG e CPF, nome da mãe e endereço de casa, sem a necessidade de comprovantes.

O recadastramento de quem já tem o cartão começa em 4 de agosto com as pessoas com deficiência. Em 6 de outubro será a vez dos estudantes, em 2 de fevereiro de 2015 dos idosos e, por fim, em 6 de abril para quem tem o cartão comum e o vale-transporte.

“Pretendemos fazer uma campanha voltada para os idosos, para estimulá-los a fazer o cartão”, diz Folgozi. Trata-se, lembra o secretário, de uma questão de segurança, pois o idoso sem o cartão descerá sempre pela porta que os outros usuários entram ou subirá pela porta que os outros saem – o que gera choque de passageiros no ônibus.

Para implantar o Bilhete Único será necessário fazer a troca de um software para o sistema funcionar corretamente. Folgozi alerta que a secretaria estará atenta ao uso do Bilhete Único e que o usuário que passar duas vezes em uma mesma máquina pagará por duas viagens. A ideia é evitar que os passageiros compartilhem o mesmo cartão em um mesmo ônibus ou mesmo em outros veículos.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/cadastro-do-bilhete-unico-comeca-dia-7-para-quem-nao-tem-cartao/
Desenvolvido por CIJUN