Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Campanha Dezembro Laranja atende 397 pacientes

Thiago Avallone | 12/12/2019 | 05:00

Considerado um dos cânceres mais perigosos do mundo, o câncer de pele é lembrado neste mês durante as campanhas de conscientização do ‘Dezembro Laranja’. Este ano, só em Jundiaí, a Campanha Nacional de Prevenção e Combate ao Câncer de Pele, realizado no início do mês, atendeu 397 pacientes e contou com 16 profissionais da saúde.

O objetivo foi conscientizar a população sobre a prevenção e o diagnóstico precoce da doença. A professora da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) e dermatologista, Célia Antônia Xavier de Moraes Alves Célia Alves, ressalta que o evento já acontece na cidade há anos e que Jundiaí é pioneira na ação. “Em 2017 foram atendidos 935 pacientes, feitas 95 biópsias e 30 cirurgias de câncer. No ano passado este número foi de 654 pacientes, com 87 diagnósticos positivos”, declarou Célia.

Este ano, pela primeira vez, a campanha nacional continua durante todo o verão, trazendo diferentes ações na internet, ruas, praias e parques. Desde a sua implementação, em 1999, a iniciativa já beneficiou mais de 600 mil pessoas. A dermatologista Juliana Áreas explica que o câncer da pele é o mais prevalente na população, por isso é tão importante se prevenir.

“Na maioria das vezes a sua causa é a radiação ultravioleta, então a exposição solar é uma das maiores causas, por isso as medidas de proteção do sol são as mais importantes”, orienta.

ORIENTAÇÃO

A dermatologista ainda reforça a importância do uso constante do filtro solar, chapéu, óculos de sol e de roupas com proteção ultravioleta. “A campanha é importante porque além de conscientizar a população sobre este câncer, a gente consegue fazer diagnóstico de uma lesão inicial e beneficia muito os pacientes dessa forma”, concluiu a doutora.

De acordo com Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a data é uma oportunidade para conscientizar a população quanto à importância da identificação precoce do câncer da pele e da implementação diária de medidas fotoprotetoras.

De acordo com a Instituto Nacional do Câncer (Inca), de cada quatro casos de câncer no ser humano, um é de pele. Estima-se que anualmente no Brasil são diagnosticados 180 mil casos novos da doença. Noventa e cinco por cento dos casos são carcinomas, que tem letalidade baixa. (Thiago Avallone)

 

 


Leia mais sobre |
Thiago Avallone
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/campanha-dezembro-amarelo-atende-397-pacientes/
Desenvolvido por CIJUN