Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Candelário custará R$12 milhões

DA REDAÇÃO | 09/01/2020 | 18:45

Durante a manhã desta quarta-feira (8), o Prefeito Luiz Fernando Machado vistoriou o canteiro de obras da Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Professor Joaquim Candelário de Freitas, na Vila Hortolândia para acompanhar a evolução da construção prédio, que chega a 27% do total.

O espaço receberá a maior unidade Escola Inovadora da Prefeitura de Jundiaí, com 4,9 mil metros de área construída em arquitetura pré-fabricada em três pavimentos, anfiteatro e integração com a praça Edhewaldo Cortizo, na rua Antonio Maximiliano de Almeida que será remodelada para receber os conceitos da Cidade das Crianças.

Cinco meses depois desde a última vistoria é evidente que a obra avançou muito, com toda a estrutura pronta e já iniciada a etapa de fechamento do prédio escolar. “O tamanho do espaço impressiona, já que será o mais moderno da cidade. Mas, a atenção à estrutura tem como fator primordial a oferta de um espaço adequado para a aprendizagem efetiva dos alunos e o desenvolvimento dos projetos com excelência por parte dos educadores”, destaca o Prefeito Luiz Fernando Machado.

Ele ainda lembrou da participação dos alunos no processo de concepção do projeto da obra, iniciativa que reforça as ações desenvolvidas pelo Município ao dar autonomia para a infância nas políticas públicas locais.

O prédio conta com quadra coberta, anfiteatro, biblioteca, laboratório, elevador, geração de energia fotovoltaica e dispositivo de captação de água da chuva para reuso, aquecimento solar para abastecimento da cozinha e vestiário distribuídos em 4,9 mil metros quadrados e será integrada à praça existente no entorno, para oferecer maior espaço para o desenvolvimento das crianças.

Segundo o gestor adjunto da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP), Ademir Pedro Victor, a área verde será remodelada e ganhará equipamentos e brinquedos desenvolvidos a partir das diretrizes da Cidade da Criança, Rede Latino-Americana que Jundiaí faz parte. “Também serão implantadas baias amplas para facilitar o embarque e o desembarque no transporte público para os alunos”, detalha.

O investimento total na obra é estimado em R$ 12 milhões, sendo as duas primeiras etapas realizadas a partir de contrapartidas de empreendimentos imobiliários.

created by dji camera


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/candelario-custara-r12-milhoes/
Desenvolvido por CIJUN