Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Canudos plásticos já estão sendo trocados

ANGELO AUGUSTO | 18/07/2019 | 05:02

Os canudos plásticos têm sido os maiores inimigos do meio ambiente. O governador João Doria (PSDB) sancionou no último sábado (13), o Projeto de Lei que proíbe o fornecimento de canudos de material plástico em todo o Estado de São Paulo.

Além disso, pesquisas mostram o mal que eles fazem quando descartados de maneira incorreta, principalmente aos animais marinhos. Com isso, tanto empresas quanto consumidores estão tomando atitudes para tentar diminuir sua utilização.

A principal medida adotada tem sido o uso de canudos biodegradáveis (como o de papel, que se decompõe mais rápido na natureza), os reutilizáveis (como os de metal ou de vidro, que podem ser lavados e levados para qualquer lugar) e até os comestíveis (como os feitos de macarrão, ou de folhas verdes). Apesar de mais caros, esses novos tipos tem atraído a atenção de lojistas e consumidores.

Val Martins, que é nutricionista e proprietária de um restaurante voltado ao bem-estar e alimentação saudável, localizado na rua do Retiro, relata que seu estabelecimento já aderiu aos canudos biodegradáveis (principalmente o de papel) há algum tempo. Eles são cedidos aos clientes sem nenhum custo adicional, apesar do seu maior valor quando comparado ao convencional. “Nós usamos muito poucos canudos no restaurante, mas percebemos que o próprio consumidor tem se conscientizado em relação à sustentabilidade. Muitos deles trazem os seus próprios canudos ou acabam nem utilizando. Os que pedem são geralmente para as crianças usarem”, conta.

Para ela, o projeto de lei é importante, pois a conscientização vai atingir um número maior de pessoas. “Nossos clientes são bem participativos em relação a isso, alguns até gostam de mostrar seus canudos reutilizáveis para incentivar outras pessoas, mas nem todo mundo tem essa preocupação”, revela.

José Luiz Volpato, marido de Val, é engenheiro químico e pós-graduado em engenharia ambiental. Ele é a favor da mudança dos canudos, mas afirma que o ideal seria um programa de reciclagem, para que os plásticos fossem descartados de maneira correta e pudessem ser reutilizados. “O processo de fabricação dos plásticos convencionais é muito vantajoso, o problema é que não fazemos o descarte da maneira correta. Sendo assim, temos que buscar outras alternativas como os biodegradáveis ou reutilizáveis, que se decompõem mais rápido, mas que por outro lado têm um processo de fabricação menos sustentável”, avalia.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/canudos-plasticos-ja-estao-sendo-trocados/
Desenvolvido por CIJUN