Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Caso das irmãs baleadas segue sob investigação

DA REDAÇÃO | 09/03/2020 | 18:52

O caso das duas irmãs baleadas no último sábado (7) no Jardim Tarumã está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e, segundo informações passadas pela Polícia Civil à equipe de reportagem do Jornal de Jundiaí, o delegado não dará nenhum tipo de declaração até que a investigação seja finalizada.

As duas irmãs, identificadas como Cássia Michelotti, de 20 anos e Marcela Michelotti, de 16 anos, seguem internadas no Hospital São Vicente. De acordo com o último boletim passado pela assessoria de imprensa do hospital, Cássia está em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo sem perspectiva de liberação. Já Marcela segue estável. mas sem expectativa de alta.

ENTENDA O CASO
Na noite do último sábado, as irmãs voltavam de um baile funk promovido na rua Idalina Gonçalves Dias (antiga rua Bolívia), no Jardim São Camilo. Por volta das 2h, no retorno para casa, ambas foram baleadas dentro do carro em que estavam. Cássia, que era a motorista, levou um tiro no rosto. Sua irmã, que estava do lado de fora do carro, levou um tiro na nuca.

Existe uma suspeita de que o crime possa ter sido cometido pelo ex-namorado de uma das jovens. Outra linha de investigação seria uma briga de trânsito porque o carro estava com marcas recentes de batidas. Ambas foram atendidas pela equipe da delegada Renata Yumi Ono. A Guarda Municipal e a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) até o momento não possuem informações a respeito do caso.

Cássia Michelotti, de 20 anos, segue em estado grave

Marcela Michelotti, de 16 anos, segue em situação estável


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/caso-das-irmas-baleadas-segue-sob-investigacao/
Desenvolvido por CIJUN