Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Celebrações da Semana Santa começam no domingo (25)

NIZA SOUZA - csouza@jj.com.br | 20/03/2018 | 04:37

Os católicos já começaram a se preparar para a Semana Santa, quando é celebrada a Páscoa e Ressurreição de Cristo. As celebrações se iniciam no próximo domingo, dia 25, com a Missa de Ramos, e vão até o Domingo de Páscoa, este ano comemorado no dia 1º de abril. “A Páscoa é a celebração mais importante do ano para nós, católicos”, diz o padre Milton Rogério Vicente, pároco da Catedral Nossa Senhora do Desterro, destacando que todas as principais missas durante a Semana Santa serão presididas pelo bispo Dom Vicente Costa. “Todos os cristãos leigos e leigas se prepararam ao longo da Quaresma para celebrar a Festa da Páscoa. A partir do Domingo de Ramos damos início a Semana Santa, a semana maior da Igreja”, complementa o padre Márcio Felipe, pároco do Santuário Nossa Senhora Aparecida. A programação na catedral começa no próximo domingo, dia 25, às 8h30, com a procissão e Missa de Ramos. Os fiéis se encontram na praça do coreto, atrás da igreja, e seguem em procissão pelas ruas centrais. “Na sequência, é realizada a missa com o Dom Vicente”, informa padre Milton.

SEMANA SANTA 2017 MISSA DOMINGO DE RAMOS NO SANTUARIO DE NOSSA SENHORA APARECIDA NA VILA RAMI

Na segunda-feira (26), às 18h30, ocorre a tradicional via-sacra da Pastoral da Mulher/Associação Maria de Magdala, que este ano também terá a participação do bispo. A saída será da sede da associação, na rua Senador Fonseca, 517, com encerramento na catedral. Na quarta-feira (28), às 19h, Dom Vicente celebra a Missa do Santo Crisma, em que participam todos os padres da Diocese de Jundiaí. “É o momento em que renovamos as promessas sacerdotais diante do bispo, que também abençoa os santos óleos (batismo, crisma e dos enfermos) que serão usados durante o ano nos sacramentos”, explica padre Milton. Na quinta (29), às 19h, começa o tríduo pascal, com a missa de lava pés. Na sexta-feira (30), a programação começa às 15h, com a celebração da Paixão do Senhor, segue às 20h, com o tradicional descimento da cruz, e às 21h, ocorre a procissão nas ruas centrais. E, no sábado (31), a partir das 19h30, tem a missa da vigília pascal. O auge da semana é no domingo, começando às 6h, com a procissão pelas ruas do Centro. E, às 11h15, ocorre a Missa de Páscoa, presidida pelo bispo Dom Vicente. Vale lembrar que a Diocese de Jundiaí conta com 66 paróquias, e cada uma delas tem sua programação para a Semana Santa.

T_pai_bruno

Umbanda
Além da Igreja Católica, alguns centros espíritas também realizam trabalhos especiais na Sexta-Feira Santa. Como a Tenda Espírita de Umbanda São Cosme e São Damião. O pai de santo Bruno Brescancini explica que alguns templos umbandistas adaptam na sua liturgia algumas referências católicas e kardecistas. “Esse é um dia em que os cristãos estão em sinergia, em oração. Então foi a data escolhida para o fechamento de corpo, momento em que os pretos velhos na sua humildade ungem os filhos e adeptos da casa”, explica. “Após esse ritual, os guardiães finalizam esse processo de proteção, afastando energias negativas e protegendo os médiuns, para dar continuidade na missão espiritual de caridade.” O trabalho é realizado na sexta-feira, a partir das 15h, e é aberto para todos que queiram participar. No Templo de Umbanda Oxumaré a data também é especial. “Na Sexta-Feira Santa é feito o ritual do óleo bento. Guardamos este dia, considerado de alta concentração de energia, para fazer a substância que é usada em batizados, casamentos, consagrações e outros celebrações”, explica o dirigente espiritual do templo, Édi Gomes.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/celebracoes-da-semana-santa-comecam-no-domingo-25/
Desenvolvido por CIJUN