Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Celmi promove conhecimento e interação na terceira idade

Angelo Augusto | 30/06/2019 | 08:10

O Centro de Educação e Lazer para a Melhor Idade (Celmi), em Jundiaí, tem promovido conhecimento e interação para as pessoas a partir do 40 anos que não querem parar de aprender.

São mais de mil alunos na cidade, divididos em mais de 50 cursos, que são ministrados uma vez por semana na sede do Celmi, localizada no Complexo Fepasa, próximo ao Poupatempo.

A gerente do centro Orlinda Silva fala que a grande variedade de cursos é um ótimo atrativo para a adesão de vários alunos. “Temos curso de idiomas, História da Arte, Filosofia, Geopolítica, Neurolinguística, Yoga… São cursos das mais diversas áreas.”
Além do conhecimento em si, o que as pessoas da melhor idade mais apreciam no Celmi é a convivência e a interação entre elas. “Nosso espaço tem o objetivo de ser um espaço social, de convivência, onde as pessoas socializam e buscam conhecer coisas novas. O conhecimento te empodera” conta Orlinda.

De acordo com a gerente, a maioria dos cursos é frequentada por mulheres, que já possuem certo nível intelectual, mas que não querem parar de aprender. “O perfil das nossas turmas é de um público que gosta de estar fazendo e aprendendo coisas novas o tempo todo. A maioria tem curso superior e sempre trabalhou, mas nem por isso deseja parar de conhecer coisas novas”.

Rosa Maria Mostério, de 64 anos, é aluna do curso de informática há quatro anos e fala que o centro lhe dá acesso a coisas que ela nunca tinha tido contato anteriormente. “O que eu aprendo aqui melhora a minha cabeça. Mesmo sendo o mesmo curso há mais de três anos, sempre tem alguma coisa nova pra aprender, por isso eu continuo aqui. Pra mim isso é uma higiene mental, principalmente pelas companhias”.

Cada curso é ministrado semanalmente, e é possível se fazer mais de um, contanto que não seja no mesmo dia da semana.
Angela Garcia, aluna de Yoga, afirma que as aulas contam não só com a parte prática, mas são também acompanhadas de conteúdos teóricos e históricos sobre essa prática. “Há todo um aprendizado. A questão do conhecimento, de ampliar a sua mente sobre fatos gerais. Isso é muito importante. Não é só vir aqui pra fazer e ponto.”

As inscrições são feitas no próprio local e serão abertas novas turmas e possivelmente novos cursos no começo do mês de agosto.


Leia mais sobre | | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/celmi-promove-conhecimento-e-interacao-na-terceira-idade/
Desenvolvido por CIJUN