Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cemitério do Desterro recebe aplicação extra de desinsetização

DA REDAÇÃO | 18/10/2018 | 21:35

No início da próxima semana, uma equipe do Serviço Funerário Municipal realizará uma nova inspeção noturna no Cemitério Nossa Senhora do Desterro, com a finalidade de verificar se há escorpiões circulando pelo local. Sempre realizada no período noturno em função do hábito do artrópode – que costuma deixar seu abrigo no início da noite para se alimentar – a inspeção será apenas mais uma ação realizada pela Fumas, administradora dos cemitérios do Desterro e Montenegro, no sentido de diminuir a população de escorpiões existente no local.

“No início deste ano, tomamos uma série de medidas, como a captura manual noturna e a intensificação da dedetização, que resultaram na diminuição dos escorpiões no Desterro”, explicou o diretor do SFM, Silvio Ermani, lembrando que as inspeções ocorrem todos os meses, para monitoramento e controle da população de artrópodes. Outra providência tomada foram os reparos em calçadas quebradas e a retirada de materiais encostados em muros, como madeiras e ferramentas, que pudessem proporcionar abrigo para tais bichos.

As desinsetizações são realizadas bimestralmente nos dois cemitérios públicos – Montenegro e Desterro – e as últimas ocorreram no início de outubro. Por conta da incidência de chuvas durante este mês, uma nova aplicação de reforço está sendo programada para os próximos dias. “Estamos apenas aguardando uma melhoria das condições climáticas para que os prestadores de serviço passem o veneno mais uma vez e reforce a aplicação realizada no início deste mês”, acrescenta Ermani, lembrando que a desinsetização ocorre em todas as quadras dos cemitérios, nos corredores e nos entornos dos muros.

Cuidados começam em casa
“Estamos tomando essas providências, mas é fundamental que a população, especialmente a que reside próxima ao cemitério, também contribua mantendo as calçadas sem materiais ou entulhos depositados e verifiquem dentro de suas residências se existem restos de materiais de construção que possam servir de esconderijo ou local de reprodução dos escorpiões”, complementa o diretor, lembrando que esta é uma recomendação da própria Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ).

Outra recomendação importante da Zoonoses é a de que, no interior do imóvel, seja utilizado o uso de tampas ou sistema abre-fecha nos ralos, os mantendo fechados no período fora de uso. A colocação de anteparos na parte inferior das portas, telas nas janelas e canos de escoamento das águas de chuva; fechamento dos vãos e frestas também são ações necessárias para evitar a entrada indesejada. Em caso de acidente, a orientação é procurar atendimento médico imediatamente.

Foto: PMJ

Foto: PMJ


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/cemiterio-do-desterro-recebe-aplicacao-extra-de-desinsetizacao/
Desenvolvido por CIJUN