Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Centro de Comando monitora a cidade em tempo real para garantir tranquilidade e segurança

Da Redação | 24/02/2019 | 20:07

Com o monitoramento da cidade em tempo real a partir de câmeras, drones e agentes à paisana espalhados pelos espaços de concentração da população, as autoridades de segurança e da Prefeitura de Jundiaí atuam de forma preventiva e ostensiva, a partir do Centro Integrado de Comando e Controle de Jundiaí (CICCJ), instalado pela quarta vez no período de dois anos. Direto da Sala de Situação, do Paço Municipal, o grupo atua, desde a última sexta-feira (22), nos eventos relacionados com o Carnaval 2019, objetivando a segurança e a tranquilidade tanto para os participantes dos eventos quanto para a população em geral.

O CICCJ – lançado no último dia 20- opera em base conjunta entre as Unidades de Gestão da Prefeitura, representantes da Companhia de Informática de Jundiaí (Cijun), Guarda Municipal, Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), Corpo de Bombeiros, Polícia Militar (11º e 49º batalhões), Polícia Civil e Poder Judiciário – Juizado de Menores com o objetivo da manutenção da ordem pública e da segurança, não somente para os grupos participantes dos eventos festivos, como para a população em geral.

“A cada atuação do grupo são agregadas mais tecnologias e novas ações são criadas com base na expertise adquirida. Para a atuação na tarde de domingo, no Bloco Afrokekerê, que ocupou a avenida Unidão dos Ferroviários, a área de interdição foi ampliada em 20%, abrangendo 1,8 km quadrado. A interdição preventiva foi ampliada a partir de ações identificadas no ano passado, com a ocorrência de veículos estacionados no perímetro da apresentação”, detalha o gestor da Unidade de Gestão de Cultura, Marcelo Peroni.

Presente ao primeiro dia de atuação do CICCJ no Carnaval 2019, na sexta-feira (22), o major Robinson Pomilio, do 11º Batalhão da PM do Interior, detalhou a importância da operação. “Casos pontuais como falta de energia e com trânsito puderam ser resolvidos logo após sua identificação, graças à integração de forças”, detalhou. De acordo com dados fornecidos pela Polícia Militar, na sexta-feira não houve registro de ocorrência de destaque. O capitão Samuel Barban Ruiz, comandante da 1ª Cia. do 11º Batalhão da Polícia Militar (PM) do Interior/BPMI, ainda lembra que a atuação da corporação inclui ações de blitz da Lei Antiálcool. “As equipes estão nas ruas com atuações em todas as frentes. Na sexta-feira, 41 motoristas foram fiscalizados, sendo dois autuados: um poro recusa do exame e outro por apresentar índice de álcool, porém inferior à caracterização de crime”, detalha.

O Comandante da Guarda Municipal, Benedito Marcos Moreno, aponta o ganho de operacionalização em eventos de grande porte. “No Carnaval do ano passado registramos ocorrências de embriaguez de menores e consumo de drogas. A partir do uso das câmeras, conseguimos identificar as situações e atuar mais rapidamente”, comentou o comandante que orientou a apreensão de vendedores de bebidas sem a exigência de documentação, conforme exige legislação. A ocorrência teve o apoio das equipes de comissários do Juizado de Menores. O coordenador do Juizado de Menores da Vara da Infância e Juventude, Laerte Riguetto, elogia a tecnologia disponibilizada para o CICCJ. “Da sala é possível centralizar as informações e orientar quem esta no campo. Entre as equipes há profissionais à paisana para atuar infiltrados”, garante.

Considerado um exemplo de efetividade, o CICCJ foi lançado no ano passado e acompanhou os desfiles do Carnaval, o Science Days realizado em parceria com a NASA e a crise de abastecimento de combustível. O Centro Integrado irá acompanhar por meio de 21 câmeras e drones o trajeto de cada desfile, iniciando o monitoramento uma hora antes do início de cada desfile, estendendo-se até o término de cada evento, quando estiver finalizada a limpeza dos locais. Para o assessor especial para Assuntos de Segurança Pública, do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), Aloysio Queiroz, nesta semana, o trabalho de pré-Carnaval será avaliado para a atuação nos dias da folia. “A integração entre as forças está efetiva, com apoio recíproco. A atuação para os dias de desfile será em ambiente diferente dos demais anos. A atenção continua sendo integral para garantir a tranquilidade e segurança da população”, detalha.

 

CentroComando


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/centro-de-comando-monitora-a-cidade-em-tempo-real-para-garantir-tranquilidade-e-seguranca/
Desenvolvido por CIJUN