Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cerest interdita quatro lojas do Maxi por cheiro forte de fumaça

| 28/05/2014 | 01:22

O cheiro ainda muito forte de fumaça tóxica em alguns pontos do Maxi Shopping – causado pelo incêndio que aconteceu na madrugada do dia 21, na loja Centauro –  fez a Vigilância em Saúde, órgão da Prefeitura de Jundiaí, interditar quatro lojas do empreendimento, todas no segundo andar, na tarde desta terça-feira (27).

Rosana Jóias, Imagem Foto Ótica, Havaianas e Crislen Ótica deverão manter as portas fechadas tanto para o público quanto para os funcionários. A orientação é para que os proprietários dos estabelecimentos encontrem alternativas para purificar o ar, de acordo com o fiscal da Vigilância e engenheiro de segurança do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Paulo Basílio. “Quando isso for feito, voltaremos para uma nova vistoria e, então, se for o caso, os locais poderão reabrir”, afirma. 

Os lojistas terão um prazo de dez dias para resolver o problema e, caso haja descumprimento da interdição, poderão ser multados em valores que vão de R$ 210 a R$ 210 mil. “Os funcionários estão sendo expostos ao forte cheiro de fumaça e até mesmo ao contato com fuligem do incêndio”, diz Basílio, justificando a interdição. 


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/cerest-interdita-quatro-lojas-do-maxi-por-cheiro-forte-de-fumaca/
Desenvolvido por CIJUN