Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Chef de cozinha vai mostrar as delícias brasileiras no Kuwait

SIMONE DE OLIVEIRA | 20/07/2019 | 05:01

O chef de cozinha de Jundiaí, Kleberson Lombardi Mançano, 42 anos, vem conquistando cada vez mais espaço entre renomados chefs do Estado de São Paulo. Agora ele chega a um ponto muito cobiçado entre os profissionais: levar a culinária brasileira ao público estrangeiro e exigente.

E este público é um dos mais exigentes do mundo, o do Kuwait, país árabe localizado no Golfo Pérsico. O chef foi convidado para trabalhar em um restaurante localizado em um hotel de luxo no país e já faz planos com esta oportunidade profissional. “A princípio a ideia é ficar por um ano, tempo do contrato, mas pode ser prorrogado. Estou muito feliz. O tempo não importa muito, e sim a oportunidade de conhecer o país e mostrar meu trabalho”, diz Kleberson.

Ele conta que o convite partiu de um amigo que já conhecia seu trabalho e falou sobre esta experiência de trabalhar fora. Como nunca havia saído do país, ele resolveu batalhar para se aprimorar no inglês e buscar informações de como tirar seu visto. “Ainda não temos a data do embarque porque estou no aguardo do meu visto, então assim que tudo for resolvido, o embarque será quase que imediato e espero que seja o quanto antes”, diz o chef.

A Cidade do Kuwait, a capital do país, é conhecida por sua arquitetura moderna, que inclui arranha-céus e as incríveis Kuwait Towers, torres de água cujo design lembra a cúpula em azulejos de uma mesquita clássica. Por ser uma cidade rica, ele espera enriquecer seu currículo, justamente porque poderá mostrar suas especialidades e o que a culinária brasileira tem a oferecer. “A nossa culinária é apreciada no mundo inteiro porque é diversificada e diferente das apresentadas no mundo inteiro. Podemos misturar ingredientes e fazer pratos deliciosos que são apreciados justamente porque o sabor é único”.

OPORTUNIDADE
Formado há seis anos na área gastronômica e atuando no restaurante da família em Jundiaí, Kleberson diz que mesmo não sabendo falar inglês não pensou duas vezes quando recebeu a proposta. O fato de conhecer um outro país, em especial um dos mais ricos do mundo, será uma oportunidade única, independente do tempo que ficará empregado. “As minhas expectativas são as melhores, pois nunca tive uma experiência fora do Brasil. Com certeza esta oportunidade abrirá muitas portas com a possibilidade de voltar com o inglês fluente”.

O chef fará parte de uma estatística importante para quem deseja conquistar uma oportunidade fora do país. A agenciadora que faz a ponte entre os países aponta uma pesquisa em que 65,8% dos jovens entre 14 e 45 anos querem ter uma experiência fora do Brasil.

Antes de conquistar a vaga, Kleberson passou por alguns testes aprovados pelo empregador e ficou satisfeito por ter sido um dos escolhidos. O chef vai trabalhar em luxuoso hotel 5 estrelas, com tudo pago pelo empregador, desde passagem aérea, visto de trabalho, convênio médico, alimentação, férias, acomodação, e ainda receber em salários R$ 4,5 mil, durante a vigência do contrato.


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/chef-de-cozinha-vai-mostrar-as-delicias-brasileiras-no-kuwait/
Desenvolvido por CIJUN