Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Chocolate gourmet é opção para quem quer inovar

KÁTIA APPOLINÁRIO | 14/03/2020 | 05:00

A menos de um mês para a Páscoa, as novidades em bombons e ovos de chocolate começam a aparecer nas gôndolas dos mercados, mas os chocolates gourmets são algumas das opções para quem pretende deixar de lado os ovos convencionais. Trufados, de colher, com recheio extra ou decorados, os ovos gourmet possuem valor variado, podendo ir de R$35 a R$80.

A confeiteira e estudante de direito, Júlia Caroline Mendes, de 23 anos, conta que o chocolate gourmet é produzido com um cuidado especial. “O ovo vendido no mercado tem a sua produção em massa, não recebe a mesma atenção que um gourmet. Nós preparamos o chocolate, desenvolvemos o recheio e a decoração para que fique harmonioso, bonito e gostoso”, explica, valendo-se de que nada se compara ao carinho da produção artesanal.

As sócias Márcia Juliane Rossi e Janaína dos Santos possuem uma loja especializada e apostam no requinte do chocolate belga para a Páscoa 2020. “Diferente do chocolate nacional, o belga não é tão doce e exige um pouco mais de mão de obra para a sua produção”, alega Juliane, ressaltando que o esmero com a embalagem também contribui para a escolha do cliente.

Para este ano, Márcia conta que as novidades são muitas. “As cascas de ovos com brownies, cookies e recheio são grandes pedidas. Além disso, para aqueles que preferem uma lembrancinha, os bombons e pães de mel nunca saem de moda. Por fim, para quem deseja fazer uma brincadeira com os amigos, há ainda os ‘ovos fritos’ produzidos com chocolate”, compartilha.

Com três anos de experiência na produção de doces, a designer gráfica Renata da Silva Venceslau, de 26 anos, afirma que certos sabores se destacam no gosto do público. “Esse ano tenho uma super novidade que é um ovo de colher recheado com cheesecake, a casca é de chocolate branco e dentro temos uma base de farofa de bolacha, o creme e geleia de frutas vermelhas para completar”, conta.

RENDA EXTRA
O que para o público é uma opção diferenciada de presente, para os produtores é uma grande oportunidade de gerar renda extra. “Hoje este é meu segundo trabalho, mas não considero apenas uma renda extra porque me dedico à minha marca durante o ano todo”, explica Renata ao lembrar que no período de Páscoa os ganhos apresentam um aumento de 200%.

O estudante de engenharia, Marcos Eduardo Bazolli, de 20 anos, começou a produzir chocolate há cinco anos. “Hoje essa é a minha principal fonte de renda. No período da Páscoa meus ganhos apresentam um crescimento de 300%”, comemora alegando que já possui clientes fidelizados.


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/chocolate-gourmet-e-opcao-para-quem-quer-inovar/
Desenvolvido por CIJUN