Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Chuva deixa moradias interditadas no bairro da Roseira

DA REDAÇÃO | 09/01/2019 | 16:15

A Defesa Civil informa que, na noite de terça-feira (08), uma intensa chuva de 74 mm – em um período de quatro horas – atingiu principalmente as áreas periféricas da cidade, com destaque para os bairros Roseira, Caxambu e Mato Dentro. A Defesa Civil atendeu duas ocorrências de quedas de árvores sobre residências no bairro Roseira. Não houve vítimas, mas as moradias foram parcialmente interditadas.

Outras ocorrências de quedas de árvores foram atendidas pelas equipes da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP), Defesa Civil e Corpo de Bombeiros nos seguintes bairros: Vila Alvorada, Jardim Danúbio, Vila Hortolândia e Caxambu.Nos oito primeiros dias deste ano já foi registrado um volume de chuva de 265 mm. Esta quantidade era esperada para 20 dias, considerando a média histórica dos últimos 6 anos.

Na região central do Município, o volume de chuva foi menor, com média de 19 mm. A velocidade do vento máxima registrada na região do Aeroporto foi de 40 km/h. A Defesa Civil identificou registros pontuais de chuvas de granizo. Destaca-se também que uma grande quantidade de raios atingiu a região.

Equipes da Defesa Civil, UGISP e demais órgãos da Prefeitura realizam na manhã desta quarta-feira (9) vistorias aos locais mais afetados a fim de adotar as providências necessárias.

Mesmo com a intensa chuva da noite anterior, o município permanece em nível de Observação, dado que o acumulado de chuva em 72 horas não superou os 80 mm, conforme estabelecido no Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC). A previsão para hoje indica sol e aumento de nuvens de manhã, com 60% de chances de pancadas de chuva à tarde e à noite que poderão vir acompanhadas de trovoadas.

O telefone da Defesa Civil de Jundaí é (11) 4586-0666.

ESTRAGO DA CHUVA NA ESTRADA DA ROSEIRA NO CAXAMBU


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/chuva-deixa-moradias-interditadas-no-bairro-da-roseira/
Desenvolvido por CIJUN