Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Cidade para as crianças: capacitação envolve técnicos e direciona trabalhos

DA REPORTAGEM LOCAL | 05/09/2018 | 17:00

Na noite de terça-feira (4), o Prefeito Luiz Fernando Machado apresentou o Grupo de Trabalho formado a partir da capacitação oferecida pelo Instituto Alana e Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) para a formatação de políticas públicas direcionadas para o atendimento às crianças. O assunto será inserido nas discussões da Revisão do Plano Diretor (Lei 8.683/2016), com o objetivo de tornar a cidade mais segura, lúdica e com possibilidades de desenvolvimento infantil em todos os ambientes.

“A partir da educação se transforma o futuro das crianças. A parceria com o Instituto Alana capacita nossos técnicos do Grupo de Trabalho para desenvolver políticas públicas para as crianças, como será o Parque da Criança, equipamento totalmente diferente dos já existentes. Será um parque para o desenvolvimento sensorial das crianças, que será entregue até o final do nosso governo. A Escola Inovadora, que também tem o mesmo foco, já é realidade nas nossas escolas”, explica Luiz Fernando. O prefeito ainda citou a integração entre os serviços – educação, saúde e esporte – como ferramenta para o desenvolvimento buscado pela administração com o objetivo de desenvolvimento da sociedade.

CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTRAS ATRAÇÕES CULTURAIS DE JUNDIAÍ

De acordo com o gestor da UGPUMA, Sinésio Scarabello, o trabalho desenvolvido desde o ano passado pelo Instituto Alana, com capacitações e vivências com os profissionais da administração, possibilita conhecimento para que sejam concebidas propostas e políticas públicas que favoreçam o desenvolvimento das crianças de forma ampla. O gestor ainda lembrou o trabalho positivo realizado no Jardim São Camilo e Tarumã, com a incorporação de praça próxima à EMEB Deodato Janski, como espaço para as crianças. “O trajeto entre a casa e a escola deve ser seguro e pode ser lúdico e desenvolvedor sensorialmente para as crianças, com possibilidade de contato com a natureza”, detalha.

Ainda durante o evento foi lançado livro ‘Desemparedamento da Infância. A Escola como lugar de encontro com a natureza’. Segundo a diretora do Instituto Alana, Laís Fleury, o grande desafio das administrações é transformar o aprender estático, de dentro de uma sala de aula, em movimento. “Jundiaí é uma cidade que tem grande projetos, como o Escola Inovadora, e já reconhece a importância absoluta da criança como prioridade absoluta. A escola é o espaço para que possam se desenvolver, de forma ampla”, argumenta. A gestora da Unidade de Gestão de Educação (UGE), Vasti Ferrari Marques, elogiou a iniciativa. “Precisamos desenfileirar nossas crianças, aprender e agregar ações para o despertar o potencial das crianças”, detalha

PMJ

PMJ


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/cidade-para-as-criancas-capacitacao-envolve-tecnicos-e-direciona-trabalhos/
Desenvolvido por CIJUN