Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Com campanha, procura por exame de mamografia aumenta 70%

VINICIUS SCARTON | 25/10/2018 | 06:04

A uma semana do fim da Campanha Outubro Rosa, dedicada à conscientização e prevenção do câncer de mama, já foram agendadas em Jundiaí 3.654 mamografias pelo Sistema Único de Saúde (SUS), 70% a mais que no ano passado. Segundo levantamento da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde, no ano passado, no mesmo período, foram realizados 2.140 exames.

De acordo com a unidade, a cota mensal de exames de mamografia na cidade é de 2,5 mil. “No entanto, neste ano, a média de pedidos foi de 1,7 mil exames, acumulando a sobra de 800 vagas por mês. Por isso, a oferta ampliada será mantida nos meses de novembro e dezembro”, explica a prefeitura, por meio de nota.

Consciente sobre a importância da prevenção, Maria Aparecida da Conceição, de 68 anos, teve câncer na mama esquerda em 2014, que foi descoberto em uma mamografia. “O exame é muito importante. Se não fosse por ele, não teria descoberto o nódulo. Sempre que converso com alguém sobre esse assunto conto minha história. Hoje já terminei todo o tratamento, que teve quimioterapia, radioterapia e cirurgia para retirada de quadrante. As pessoas precisam se conscientizar sobre a importância de fazer a mamografia”, comenta.

Moradora na Vila Maringá, Gisele Paes Simplício, de 38 anos, foi orientada pela ginecologista da UBS Maringá a realizar o exame preventivo de câncer de mama. “Há uns dois anos a médica havia oferecido esse exame e eu acabei não fazendo por medo. Muitas mulheres disseram que doía demais e eu desanimei. Desta vez eu fiz. Não doeu nada. Agora vamos esperar o resultado”, comenta a mulher.

O resultado das mamografias passa por corpo clínico e é avaliado. Em caso de alterações, a unidade básica de saúde de origem da paciente é contatada para o agendamento de atendimento na mesma semana.

ESPECIALISTA
A ginecologista da UBS Esplanada, Anna Rachel di Giacomo, reforça a importância do diagnóstico precoce. “Quanto antes o câncer for descoberto, maior a chance de sucesso no tratamento. A mamografia é o principal exame de imagem para o diagnóstico da doença. A indicação é para que seja realizada a partir dos 40 anos, anualmente. Quando a paciente tem caso de câncer de mama na família, é acrescentada uma mamografia entre os 35 e 40 anos”, orienta.

A especialista considera fundamental o autoexame e a consulta com o ginecologista. “O exame físico tem um papel importante no rastreamento da doença, além de ser o momento de tirar todas as dúvidas”, diz.

Foto: divulgação

Foto: divulgação


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/com-campanha-procura-por-exame-de-mamografia-aumenta-70/
Desenvolvido por CIJUN