Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Com metas estebelecidas, jundiaienses começam o ano otimistas

VINICIUS SCARTON | 04/01/2019 | 05:03

Primeira semana do ano novo e muita gente já está otimista em colocar em prática as metas estabelecidas para o ano de 2019. Principalmente em relação à saúde. Nesta quinta-feira, a reportagem conversou com a população que aproveitou a tarde ensolarada para se exercitar no Parque da Cidade e eliminar os quilinhos extras adquiridos no ano passado, principalmente durante das festas de fim de ano.

Como o empreendedor Renato Saraiva, 31 anos, que aproveitou a tarde de verão para caminhar. “Sinto que estou acima do peso e pretendo perdê-lo”, conta. Renato também estipulou metas voltadas para o lado profissional. “No ano passado, a crise afetou bastante o meu segmento e, em 2019, estimo melhorias”, espera. “Também desejo ficar mais tempo com a minha família”, diz.

Quem também aproveitou a tarde de ontem para caminhar foi o administrador de empresas Junior Ferreira, 34 anos. Para ele, o ano novo gera um otimismo para perder peso e manter a saúde. Também em 2019, sua meta é mudar de área profissional. “A ideia é ser aprovado em algum concurso público.

A professora Luciana Carvalho, 45 anos, também tem metas importantes relacionadas a sua saúde. “Inicialmente vou fazer um tratamento de saúde, pois me encontro com um câncer de tireoide e a curto prazo preciso me recuperar”, conta. Com pensamento positivo, Luciana destaca que está bastante otimista. “Já com relação as outras metas, pretendo melhorar como pessoa, me desenvolver e trabalhar mais junto à paróquia que frequento”, detalha. Os planos da professora não param por aí. “Também pretendo criar uma rede social mais verdadeira, mais próxima das pessoas”, afirma.

Além de praticar uma atividade física, o microempreendedor Flávio Souza Oliveira Jr, 37 anos, também estabeleceu uma meta voltada para o lado profissional. “Minha pretensão é o crescimento da minha empresa e sua ampliação”. Mas Oliveira também quer cuidar da saúde. “Pretendo eliminar alguns quilos, mudar a minha alimentação e voltar a correr”, confirma. Guardar dinheiro também está nos planos de muita gente, como o desenvolvedor de software José Lisboa, 19 anos. “No ano passado percebi que gastei muito e não tive um filtro nesta questão. A ideia é gastar por necessidade”, explica.

Para quem deseja alcançar metas em 2019, a psicóloga clínica Gabrielle Marques destaca algumas dicas importantes. Segundo a especialista, é fundamental criar metais reais, destrinchá-las em objetivos menores e traçar um plano de ação. “Ao invés de emagrecer muitos quilos, por exemplo, comece com algumas gramas e aumente gradativamente, iniciando com pequenas caminhadas ou atividades leves”, sugere.

Quanto a arrumar um novo amor, Gabrielle reforça a importância de conhecer pessoas novas. “Para isso é fundamental conhecer novos lugares”, diz. Sobre a economia de dinheiro, ela recomenda que as pessoas guardem valores compatíveis com a renda ou apenas diminuam os seus gastos.

A psicóloga enfatiza que as pessoas não criem metas enormes. “Pois a probabilidade de atingi-las diminui significativamente, podendo gerar frustração. Ou seja, a recomendação é seguir um degrau de cada vez”, reforça.

T_parque_renato


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/com-metas-estebelecidas-jundiaienses-comecam-o-ano-otimistas/
Desenvolvido por CIJUN